Minas Gerais Vereador eleito é agredido com golpes de facão no interior de Minas

Vereador eleito é agredido com golpes de facão no interior de Minas

Anderson Pé (PSD) afirma que estava separando uma briga quando foi agredido por um desafeto político; movimento das pernas pode ser afetado

Um vereador eleito na cidade de Jenipapo de Minas, a 734 km de Belo Horizonte, foi agredido com golpes de facão durante a tarde de segunda-feira (16), um dia após as eleições municipais.

Anderson Soares, mais conhecido como Anderson Pé (PSD), alegou ter sido agredido ao tentar separar uma confusão entre vizinhos. Ele tentava acalmar um morador da cidade, que estava exaltado, quando, em determinado momento, um outro morador apareceu com um facão, indo em direção ao primeiro. Mas, na realidade, o alvo era Soares.

Uma transmissão ao vivo realizada logo após as agressões mostram o sofrimento da vítima, que teve uma fratura exposta no joelho esquerdo e precisou passar por uma cirurgia em um hospital de Araçuaí,  a 678 km da capital mineira.

Movimento das pernas do vereador pode ser afetado

Movimento das pernas do vereador pode ser afetado

Reprodução / Record TV Minas

O suspeito, Benedito Amaral dos Santos, de 57 anos, foi preso por lesão corporal grave e encaminhado ao sistema prisional. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito negou ter ameaçado o político e alega que o golpe foi acidental, já que ele estava tentando se defender das ameaças do outro vizinho.

Anderson Pé, que recebeu 175 votos e vai ocupar uma das nove cadeiras da Câmara Municipal da Cidade, discorda do suspeito. O vereador eleito afirma que Santos faz oposição a seu grupo político e alega ter sido ameaçado anteriormente.

— Ele já tinha dito que me mataria após a eleição. Acho que o fato de eu ter sido eleito pode ter deixado ele nervoso, enciumado.

Veja: Candidato à reeleição, prefeito de Passa Quatro morre após infarto

O vereador eleito foi encaminhado para casa, mas deve passar por mais exames nos próximos dias, já que os médicos ainda não sabem se ele pode ter os movimentos afetados por causa da gravidade dos ferimentos. A Polícia Civil informou que está investigando o caso e o motivo das agressões.

Últimas