Minas Gerais Vereadora oferece R$ 1 mil para achar homem que enforcou cão

Vereadora oferece R$ 1 mil para achar homem que enforcou cão

Morador da zona rural de Montes Claros (MG) encontrou o corpo do pitbull preso a uma árvore; Polícia Civil ainda apura informações

  • Minas Gerais | Carlos Alberto Júnior, da Rede Mais

Uma vereadora de Montes Claros, a 420 km de Belo Horizonte, está oferecendo uma recompensa de R$ 1 mil para quem ajudar a identificar uma pessoa que teria enforcado um cão da raça pitbull.

O animal foi encontrado morto por um morador do distrito de Cabeceiras, que gravou um vídeo mostrando o corpo do cachorro e relatando a “cena triste” encontrada no local. O caso ganhou repercussão nas redes sociais após a vereadora Ceci Protetora (PP) receber as imagens e divulgá-las nas redes sociais.

A parlamentar afirma que, por conta da falta de informações sobre o crime, resolveu oferecer o valor como recompensa para quem ajudar a identificar o autor. Ceci alega que os direitos dos animais são garantidos pela Constituição e pede para que o caso não fique impune.

— Esse vídeo me causou muita revolta. Foi um crime excessivamente cruel e premeditado. Quem faz isso com um cão pode fazer isso com um ser humano também.

Pitbull foi encontrado enforcado no interior de MG

Pitbull foi encontrado enforcado no interior de MG

Reprodução / Pixabay

Legislação

Desde setembro de 2020, o autor do crime de maus-tratos contra animais pode pegar de dois a cinco anos de prisão, além de multa e proibição de adotar novos animais. A ‘lei Sansão’ foi aprovada pelo Congresso e sancionada pelo Jair Bolsonaro após um cachorro ter as patas traseiras decepadas por um vizinho em Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Militar, mas a corporação não informou se foram registrados casos recentes de maus-tratos contra animais. Já a Polícia Civil informou que precisa de mais informações para realizar a abertura de um inquérito.

Últimas