Minas Gerais Zema vai adiantar repasses a cidades atingidas por chuvas

Zema vai adiantar repasses a cidades atingidas por chuvas

Segundo o governador de Minas Gerais, municípios que não aderiram ao acordo para receber pagamento de dívidas também serão beneficiados

  • Minas Gerais | Pablo Nascimento, do R7

Zema apresentou medidas que vão ser adotadas

Zema apresentou medidas que vão ser adotadas

Reprodução / Record TV Minas

O governador Romeu Zema (Novo) anunciou, nesta quarta-feira (29), que vai adiantar repasses aos municípios que decretaram situação de emergência devido às fortes chuvas que atingiram o Estado.

Os valores são referentes ao parcelamento da dívida que o Governo Estadual tem com as prefeituras. Um acordo firmado em 2019 prevê que a gestão de Zema vai destinar 33 parcelas de R$ 336 milhões a cerca de 842 municípios.

Contudo, cidades como Belo Horizonte, que não assinaram o acordo, vão receber as parcelas de janeiro, fevereiro e março para ajudar nos gastos com ações emergenciais relacionadas às chuvas. Segundo o anúncio feito, o dinheiro deve cair na conta das prefeituras que decretaram emergência nos dia 31 de janeiro e 12 dos dois meses seguintes. Para as demais, o valor será depositado no último dia do mês.

Outro destaque apresentado por Zema é a cooperação de grandes empresas que estão se mobilizando junto à Fiemg para arrecadar doações para as vítimas e disponibilizar mão de obra para ajudar na reconstrução das cidades destruídas.

Um convênio com os Correios vai garantir a entrega dos donativos da Cruz Vermelha e do Servas (Serviço Voluntário de Assistência Social) ás famílias desabrigadas.

Fotos mostram destruição causada por chuva em BH:

Últimas