Política Câmara confirma Eduardo Bolsonaro como novo líder do PSL

Câmara confirma Eduardo Bolsonaro como novo líder do PSL

Comando do partido na Casa deixou as mãos do deputado Delegado Waldir nesta segunda-feira (21), em nova reviravolta 

Câmara confirma Eduardo Bolsonaro como novo líder do PSL

Eduardo Bolsonaro minimizou crise no PSL

Eduardo Bolsonaro minimizou crise no PSL

Luis Macedo / Câmara dos Deputados / CP

A Secretaria-Geral da Câmara dos Deputados confirmou no início da tarde desta segunda-feira (21) que o deputado Eduardo Bolsonaro (SP) é o novo líder do PSL na Casa. Em nova reviravolta pela liderança do partido, ele tira do posto o deputado Delegado Waldir (GO), que na semana passada havia comemorado a continuidade no cargo.

Eduardo Bolsonaro recebeu o apoio de 28 deputados em lista apresentada pela manhã pelo líder do governo, deputado Vitor Hugo (PSL-GO). A lista tinha 29 assinaturas, mas uma não foi confirmada pela Secretaria-Geral da Mesa.

Na lista há deputados que haviam assinado um documento que apoiava o líder anterior, o Delegado Waldir.

Delegado Waldir já divulgou um vídeo em que reconhece o novo líder. "Aceitamos democraticamente a nova lista", afirmou.

Leia mais: Deputado do PSL infiltrado gravou fala sobre implosão de Bolsonaro

A disputa foi alvo de polêmica na semana passada e mostrou um racha no partido. Na quinta-feira (17), as revistas "Época" e "Crusoé" divulgaram um áudio com uma ligação do presidente Jair Bolsonaro mostrando a tentativa do presidente de conseguir assinaturas para retirar Delegado Waldir do comando do partido na Câmara. 

No mesmo dia, o R7 e a Record TV revelaram um áudio em que Delegado Waldir afirmava que iria implodir o governo com uma gravação e em que chama o presidente Jair Bolsonaro de "vagabundo". 

Delegado Waldir é ligado ao presidente nacional do partido, Luciano Bivar, que entrou em rota de colisão com o presidente Jair Bolsonaro e com quem trava um embate pelo comando do partido.

Na disputa, o PSL anunciou que suspenderia cinco deputados do grupo bolsonarista.