CCJ do Senado vai convidar Moro para debater prisão em 2ª instância

Debate foi agendado para a próxima terça-feira (26), antes da votação de uma proposta formulada por parlamentares com o ministro

Moro será convidado para debatr prisão em segunda instância na CCJ do Senado

Moro será convidado para debatr prisão em segunda instância na CCJ do Senado

Tânia Rêgo/Agência Brasil

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado vai convidar o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para uma audiência pública sobre prisão em segunda instância. O debate foi agendado para a próxima terça-feira (26), antes da votação de uma proposta formulada por parlamentares com o ministro.

Além de Moro, outros juristas serão convidados para debater o tema. Entre eles, o constitucionalista Ives Gandra Martins, o defensor público-geral do Rio de Janeiro, Rodrigo Baptista Pacheco, o desembargador aposentado do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Vladimir Passos Freitas, e o ministro Herman Benjamin, do STF (Superior Tribunal de Justiça).

O pedido da audiência pública foi apresentado pelo líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), que classificou o projeto de lei autorizando a prisão em segunda instância como inconstitucional. "Muitos estão achando que isso aqui seria a salvação da lavoura, quando na verdade boa parte dos patrocinadores têm um endereço certo, que é tentar recolocar na cadeia o ex-presidente Lula. E isso não é forma de produzir legislação para atingir a população como um todo", afirmou o parlame