Autos Carros [Avaliação] 400km com o novo Versa: "quero ser um sedã médio"

[Avaliação] 400km com o novo Versa: "quero ser um sedã médio"

Perfil arrojado e bem equipado fazem a novidade chamar atenção pelas ruas: desempenho é bom mesmo com motor 1.6 aspirado com apenas 114cv

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr

Marcos Camargo Jr

Lançado no final de outubro o Nissan Versa 2021 é o que se pode chamar de nova referência em um segmento disputado e bem peculiar no Brasil: o de sedãs compactos. No entanto, a pretensão da novidade vai além disso: conquistar clientes de modelos médios que vem subindo (e muito) de preço. Para conhecer mais sobre o Versa o R7-Autos Carros avaliou o sedã por uma semana rodando 400km em percursos urbanos e rodoviários.

Mais baixo, mais largo e mantendo o mesmo comprimento, Versa tem pretensão de sedã médio

Mais baixo, mais largo e mantendo o mesmo comprimento, Versa tem pretensão de sedã médio

Marcos Camargo Jr

Com visual desta vez bem inspirado no Sentra o Versa chama atenção nas ruas. Não era difícil ver os celulares apontados para a novidade. Com desenho cheio de vincos e grade destacada, o Versa manteve seu comprimento (4,49m), melhorou o entre eixos para 2,62m (+2cm) e ficou mais largo (1,74m, 4,5cm a mais que o antigo) porém mais baixo: 5,8cm a menos que a antiga versão, agora chamada de V-Drive e que segue em linha. 

Versa tem acabamento refinado e se alinha aos modelos médios ficando acima dos compactos

Versa tem acabamento refinado e se alinha aos modelos médios ficando acima dos compactos

Marcos Camargo Jr

O motor se comportou muito bem ao longo de uma semana inteira de avaliação. No nosso primeiro contato com a novidade, em outubro, rodamos apenas em um autódromo mas agora provamos o Versa em todas as situações. Mesmo comedido nos números (o 1.6 aspirado tem 114cv e 15,5kgfm de torque) a leveza do sedã de 1.056kg faz o propulsor não parecer fraco.

O motor tem apenas 114cv mas o Versa é leve e rende bem consumindo pouco

O motor tem apenas 114cv mas o Versa é leve e rende bem consumindo pouco

Nissan Divulgação

O câmbio CVT tem boa arrancada apesar da esperada falta de força nas rotações médias. Na maior parte do tempo se mostra muito silencioso bem como a suspensão elogiada pelos ocupantes que andaram no sedã durante o teste. 

Marcos Camargo Jr

O consumo ficou em 8,0km/litro com etanol em percurso misto. A melhor média, segundo o computador de bordo do Versa, foi de 14,5km/litro e na estrada resultou em consumo de 10km/litro. 

Convence a trocar um sedã médio por um compacto?

Painel com revestimento parcial em couro e apliques em preto brilhante dão ar sofisticado

Painel com revestimento parcial em couro e apliques em preto brilhante dão ar sofisticado

Marcos Camargo Jr

A construção do Versa é um ponto a ser elogiado. Tem isolamento duplo nas portas, ótimo acabamento interno especialmente considerando os concorrentes compactos e até alguns médios e bom nível de equipamentos. Na versão testada, a Exclusive, há Alerta de Colisão Frontal com Assistente Inteligente de Frenagem, alerta de ponto cego, câmera 360 entre outros itens tornam a condução mais segura.

Diante de produtos tradicionais como o Honda Civic e o Toyota Corolla o acabamento do Versa não fica devendo em nada e se mostra mais refinado que seus verdadeiros concorrentes como o espaçoso Volkswagen Virtus, o eficiente Hyundai HB20S e o competitivo e líder Chevrolet Onix Plus.

Nissan Divulgação

O espaço continua como referência no segmento. Além do conforto no banco traseiro o porta malas tem 482 litros, bem amplo. Desta forma o Versa assume o papel de instigar o consumidor de um sedã médio a optar por um compacto. Bem equipado, arrojado e com preço alinhado ao dos concorrentes, o Versa tem ainda a boa relação peso potência para compensar o motor de apenas 114cv. A versão avaliada pelo R7-Autos Carros, a topo de linha Exclusive, custa R$ 94.790,00.

Últimas