Autos Carros [Avaliação] Fiat Argo Trekking: será hora do adeus?

[Avaliação] Fiat Argo Trekking: será hora do adeus?

Modelo aventureiro pode perder espaço com a chegada do novo Fiat Pulse

Resumindo a Notícia

  • Fiat Argo têm preços a partir de R$ 73.634
  • Apesar de ter quatro anos de estrada modelo continua jovial
  • O Argo Trekking foi posicionado como um SUV que a Fiat não tinha
O Fiat Argo Trekking é um dos bastiões dessa tendência e fez o papel de “SUV” da Fiat

O Fiat Argo Trekking é um dos bastiões dessa tendência e fez o papel de “SUV” da Fiat

Guilherme Magna


Em um mundo onde os SUVs são os queridinhos dos consumidores, os hatchs aventureiros vem perdendo espaço. O Fiat Argo Trekking é um dos bastiões dessa tendência e fez o papel de “SUV” da Fiat enquanto o Pulse não era lançado. Porém com a estreia da novidade é possível que as últimas horas do compacto estejam se aproximando. O R7 Autos Carros avaliou por uma semana o Argo Trekking com motor 1.3 e câmbio manual. Versátil, o modelo não apresenta a tecnologia a bordo do Pulse, mas é confortável e uma boa opção para quem procura um modelo mais “alto”.

Ao longo de dois anos após o seu lançamento, o Argo Trekking foi posicionado como um SUV que a Fiat não tinha. Além do visual aventureiro com molduras nas caixas de roda, grade com novos elementos em preto brilhante e colméia fosca, luzes auxiliares e adesivos alusivos à versão, o Argo Trekking 1.3 tem um algo mais.

São 30cv a menos do que o modelo com motor e-torQ 1.8

São 30cv a menos do que o modelo com motor e-torQ 1.8

Guilherme Magna

São 30cv a menos do que o modelo com motor e-torQ 1.8, porém o motor Firefly 1.3 é mais moderno e econômico, além de entregar a força necessária para o hatch se comportar bem em situações cotidianas das cidades brasileiras. São 109cv a 6250rpm com até 14,2kgfm de torque para mover o carro de apenas 1.140kg. A versão é 4cm mais alta e tem 21cm de altura em relação ao solo com bom resultado sem comprometer a dirigibilidade.

Nesta versão ele tem controle de estabilidade e tração além de assistente de partidas em rampa. Na prática, é mais valente para enfrentar a buraqueira do dia a dia, além da valetas e outros desníveis.

Por dentro o Argo adota o visual inspirado na cor preta presente também nos seus emblemas escuros

Por dentro o Argo adota o visual inspirado na cor preta presente também nos seus emblemas escuros

Fiat/Divulgação

Ponto positivo para o aventureiro é seu consumo. Rodamos cerca de 500km com o modelo é registramos a média de 9,3km/l na cidade e 11km/l na estrada, sempre abastecidos com etanol.

Por dentro o Argo adota o visual inspirado na cor preta presente também nos seus emblemas escuros. A iluminação dianteira é amarelada por conta da lâmpada halógena, o que não ajuda dependendo a hora que é ligada. O visual do acabamento apesar dos quatro anos de lançamento do Argo ainda é atual e seu painel, botões e comandos são de boa qualidade com direito a mimos como porta copos emborrachado o que evita que a bebida escorregue. Já o volante é o mesmo da linha básica do Argo, em plástico injetado sem revestimento de couro.

NOVO FIAT PULSE 2022 é um Argo “bombado”? Preço a partir de R$ 79,9 mil vale a pena?

Nesta versão o Argo Trekking 1.3 com câmbio manual de cinco marchas traz direção elétrica, ar-condicionado digital, vidros elétricos nas quatro portas, chave com telecomando e alarme, faróis de neblina, computador de bordo, sensor de estacionamento traseiro, monitoramento da pressão dos pneus além de coluna de direção e banco do motorista com regulagem de altura. A central multimídia tem tela de 7 polegadas e sistema Uconnect compatível com Apple CarPlay e Android Auto.

O Argo Trekking com motor 1.3 tem visual recente, bom espaço interno, espelhamento para celular

O Argo Trekking com motor 1.3 tem visual recente, bom espaço interno, espelhamento para celular

Guilherme Magna

Por fim

A Fiat apresenta bons modelos em seu portfólio, o Argo Trekking com motor 1.3 tem visual recente, bom espaço interno, espelhamento para celular, porém não chega perto do Pulse. A Fiat acertou em cheio no lançamento do SUV e soube equilibrar boa motorização, já que o modelo tem motorização turbinada, coisa que ainda não está disponível para o Argo, além de muita tecnologia embarcada. Mas nesta versão o motor 1.3 ainda não tem câmbio automático que vai estrear na Strada com esse mesmo propulsor associado à transmissão CVT.

Atualmente o Fiat Argo Trekking 1.3 está disponível a partir de R$ 73.634, enquanto o Pulse chega com preços a partir de R$ 79.990, ou seja, R$ 6 mil a mais.

Últimas