[Avaliação] R7 testou a versão mais simples do novo Sandero 2020

As virtudes e as limitações da versão de entrada do hatch que continua virtuoso no espaço e limitado na ergonomia

Três meses após seu lançamento, o Sandero 2020 vem retornando ao ranking dos carros mais vendidos do país. Em outubro foram 4.288 unidades vendidas do hatch, forte competidor do Chevrolet Onix, Ford Ka, Hyundai HB20 e Volkswagen Gol nas versões de entrada. O R7 Autos Carros conheceu a linha toda durante o lançamento

O Renault ganhou novas lanternas, sofreu um discreto facelift com luzes diurnas em LED e ganhou mudanças pontuais no interior.

O Renault ganhou novas lanternas, sofreu um discreto facelift com luzes diurnas em LED e ganhou mudanças pontuais no interior.

Marcos Camargo

O Renault ganhou novas lanternas, sofreu um discreto facelift com luzes diurnas em LED e ganhou mudanças pontuais no interior. Manteve as opções de motores: 1.0 e 1.6 SCe com câmbio manual ou automático CVT com o motor mais potente. 

E o básico?

Desta vez o R7 Autos Carros testou a versão mais barata do Renault Sandero à venda no país, a Life 1.0 SCe com motor três cilindros de 82cv que chega à linha 2020 sem mudanças. De série ele tem ar condicionado manual, direção eletro hidráulica, quatro airbags, iluminação em LED, apoios de cabeça e cintos de três pontos para todos os ocupantes além de controle de tração e estabilidade e quatro airbags. Como opcional, o carro testado tem apenas a Media Evolution.

De série ele tem ar condicionado manual, direção eletro hidráulica, quatro airbags, iluminação em LED e mais.

De série ele tem ar condicionado manual, direção eletro hidráulica, quatro airbags, iluminação em LED e mais.

Marcos Camargo

Assim, recém renovado, o Sandero foi às ruas e notamos que ele sequer chama a atenção apesar de recém-lançado. A plataforma é a mesma, assim como o porte, que aliás é sua maior virtude. o Sandero se destaca pelo bom espaço interno para todos os cinco ocupantes que agora tem cintos de três pontos e encostos de cabeça para todos. Os bancos tem a mesma textura, firme e confortável e o tecido é espesso, resistente à limpeza.

Assim, recém renovado, o Sandero foi às ruas e notamos que ele sequer chama a atenção apesar de recém-lançado.

Assim, recém renovado, o Sandero foi às ruas e notamos que ele sequer chama a atenção apesar de recém-lançado.

Marcos Camargo

O motor 1.0 SCe mostra-se suficiente para a estrada e encara, de vez em quando, uma viagem mantendo até 120km/h com conforto. O câmbio é longo e as relações de marcha também não mudaram. O consumo surpreendeu. Com etanol o Sandero 1.0 alcançou 9,0Km/l em percurso urbano, 9,6 em rodovias mantendo média de 110km/h, sempre com duas pessoas e eventualmente com três a bordo.

Apesar do espaço a ergonomia continua não sendo das melhores.

Apesar do espaço a ergonomia continua não sendo das melhores.

Marcos Camargo

Conclusão

Apesar do espaço a ergonomia continua não sendo das melhores. Mesmo com ajuste de altura dos bancos e da coluna de direção, o painel do carro é alto, a alavanca do câmbio é longa e um pouco imprecisa. Apesar disso, o Sandero 1.0 Life compensa as limitações com espaço interno e economia de combustível: porta-malas generoso, robustez mecânica e durabilidade são apontados pelos seus proprietários como virtudes do veículo. Em termos de manutenção o preço das revisões até 60.000 chega a R$ 2.359,00 na rede Renault e o preço do seguro médio é de R$ 2.360,00 na cidade de São Paulo.

O preço do Sandero Life 1.0 SCe quando lançado era R$ 46,9 mil, mas logo em seguida os concessionários passaram a vender por R$ 44,9 mil.

O preço do Sandero Life 1.0 SCe quando lançado era R$ 46,9 mil, mas logo em seguida os concessionários passaram a vender por R$ 44,9 mil.

Marcos Camargo

O preço do Sandero Life 1.0 SCe quando lançado era R$ 46,9 mil, mas logo em seguida os concessionários passaram a vender por R$ 44,9 mil. Em São Paulo, há concessionárias que oferecem o carro por R$ 41,9 mil com pintura na cor branca.

Veja mais

O R7 Autos Carrosavaliou também o Sandero 1.6 Intense CVT e conheceu a linha 2020. O Sandero 1.0 enfrenta as versões mais em conta do Chevrolet Onix LT, Ford Ka SE 1.0, Fiat Argo 1.0 drive, Volkswagen Gol 1.0, Hyundai HB20 Sense 1.0, Nissan March 1.0 SV que tem preços a partir de R$ 46 mil, em média.