Autos Carros Captur perde motor 2.0 e prepara-se para chegada do 1.3 turbo

Captur perde motor 2.0 e prepara-se para chegada do 1.3 turbo

SUV compacto terá mudanças no próximo ano enquanto muda, por hora, conteúdo e preço das versões

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr

Captur

O Renault Captur já se prepara para a linha 2021 quando sofrerá mudanças para ficar igual ao modelo vendido na Russia. Quando isso ocorrer ele vai estrear primeiro o motor 1.3 turbo que depois será ofertado o Duster.

Enquanto isso não acontece o site da Renault mostra algumas mudanças para deixá-lo temporariamente mais competitivo. E o que vai mudar?

Segundo o site oficial da montadora, o Captur perde o motor 2.0 com câmbio AT4 e passa a usar, temporariamente, só o 1.6SCe em todas as versões: Life, Zen e Bose.

Interior do Renault Captur na versão Bose, que já avaliamos no porta R7.com

Interior do Renault Captur na versão Bose, que já avaliamos no porta R7.com

Marcos Camargo Jr


O Captur Life, destinado a frotistas e PCD, continua por R$ 69,9 mil sem qualquer alteração de conteúdo. A versão Zen com câmbio manual custa R$ 88.490,00 e a topo de linha é a Bose por R$ 104.490,00. 

Captur Bose com motor 1.6 já ultrapassa R$ 100 mil e aguarda estreia do motor turbo 1.3

Captur Bose com motor 1.6 já ultrapassa R$ 100 mil e aguarda estreia do motor turbo 1.3

Marcos Camargo Jr

A versão Intense deixa de ser oferecida no catálogo da linha 2021 enquanto a topo de linha Bose entrega além do som assinado controles de tração e estabilidade, Media Evolution com espelhamento Android Auto e Apple CarPlay, cores biton e bancos de couro sintético entre outros itens. Mesmo com os preços que constam no site da Renault, na prática o Captur é vendido com abatimentos generosos na rede de concessionários chegando a descontos entre R$ 7 e R$ 10 mil.

Se você gosta do Renault Captur veja a avaliação do R7-Autos Carros com a versão Bose e também o vídeo do Autos TV sobre este crossover.

Últimas