Autos Carros Esquentou? Confira seis dicas para manter seu ar condicionado em dia 

Esquentou? Confira seis dicas para manter seu ar condicionado em dia 

Onda de calor eleva uso do equipamento em automóveis mas cuidados são importantes para que ele funcione bem

Veja como cuidar melhor do seu ar condicionado

Honda Divulgação

Com a onda de calor no sudeste do Brasil, o uso do ar condicionado automotivo cresce novamente em busca do conforto térmico com os vidros fechados. No entanto, após meses de frio intenso, nem sempre o equipamento está em dia. Seja como for o sistema de refrigeração do ar requer cuidados simples para utilização.

Na hora certa: não é bom deixar o ar condicionado sempre ligado. Após acionar o motor por certa de 30 segundos pelo menos, acione o sistema. Isso evita desgaste prematuro da bateria que será consumida mais rapidamente ligando os dois equipamentos ao mesmo tempo

Ficou no sol? Após algumas horas exposto ao sol o interior do automóvel fica bem quente. Antes de ligar o ar na temperatura mais fria e na ventilação mais forte, o ideal é abrir as janelas e só após rodar um pouco acionar o ar condicionado. Assim o ar quente poderá sair melhorando a eficiência do equipamento e poupando combustível

"Ar no mínimo": cuidado com a temperatura mais fria. Ligue o ar na temperatura mais baixa mas depois ajuste para cerca de 20/22 graus. Isso poupa combustível e a eficiência é quase a mesma.

Recirculação sempre aberta: após atingir uma temperatura interna confortável para os ocupantes o ideal é manter sempre a recirculação aberta. Isso ajuda a renovar o ar do carro enquanto a saúde agradece.

Evitar o choque térmico: antes de chegar ao destino o ideal é desligar o equipamento e abrir os vidros mesclando-se à temperatura exterior. Isso evita o choque térmico e afasta a chance de contrair um resfriado

Estava desligado? Manutenção nele

Após algum tempo desligado o ar condicionado pode precisar de manutenção para que funcione corretamente. José Manoel Veludo, gerente da A.M. Marcelo, oficina especializada de São Paulo recomenda uma limpeza semestral no aparelho para evitar problemas futuros bem como manter a eficiência.

Bosch Divulgação

Limpeza: além da checagem das mangueiras e lubrificação do sistema, a manutenção verifica a tensão do compressor e funcionamento do ar condicionado como um todo. 

Troca de filtro de cabine: muito importante esse item que a maioria das pessoas esquece de checar e sequer sabe onde ele fica. O filtro de cabine é capaz de reter impurezas do ar e até pequenos objetos como insetos. Vale a pena fazer a troca.

Carga do gás: o gás utilizado na refrigeração pode perder eficiência com o tempo e precisa de recarga. Mas antes de simplesmente mandar recarregar, é preciso verificar a vedação do ar condicionado para evitar perdas futuras.

Produtos em spray valem a pena? Eles até ajudam a neutralizar odores uma vez que contém substâncias que entram no sistema de recirculação do ar condicionado. No entanto, explicam os especialistas, o melhor mesmo é fazer a troca do filtro que dura mais tempo e acaba saindo mais em conta.