Autos Carros Ford apresenta Mustang Mach-E que pode ser vendido no Brasil

Ford apresenta Mustang Mach-E que pode ser vendido no Brasil

SUV elétrico ainda não teve muitos detalhes revelados e foi mostrado no Centro Técnico de Desenvolvimento da marca em Tatuí/SP

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr.

Resumindo a Notícia

  • Atualmente, o modelo custa a partir de US$ 43,8 mil (R$ 240 mil em conversão direta)
  • Mach-E já teve mais de 50.000 unidades vendidas nos Estados Unidos
  • Ford reafirmou o plano de produzir 2 milhões de modelos elétricos para o mercado até 2026
  • Esportivo tem dois motores elétricos que somam 487cv de potência e torque em torno dos 87kgfm
Modelo exibido no evento traz emblemas da versão GT, uma das três disponíveis no portfólio do Mach-E nos Estados Unidos

Modelo exibido no evento traz emblemas da versão GT, uma das três disponíveis no portfólio do Mach-E nos Estados Unidos

Marcos Camargo Jr. 11.08.2022

A Ford aproveitou um evento interno no Centro Técnico de Desenvolvimento de Tatuí, no interior paulista, para revelar o Mustang Mach-E 100% elétrico. A marca apenas apresentou o crossover, que pode ser vendido no Brasil. Também não revelou detalhes como a motorização e itens de série do modelo.

MUSTANG MACH E ELÉTRICO CONFIRMADO PARA O BRASIL! Qual o preço? Quando vem? Veja os Detalhes no vídeo!

A revelação feita a um pequeno grupo de jornalistas onde o R7-Autos Carros esteve presente e serviu como primeira aparição pública do Mach-E após inúmeros flagras do Crossover eletrificado que tem quase 500cv. O modelo exibido no evento traz emblemas da versão GT, uma das três disponíveis no portfólio do Mach-E nos Estados Unidos.

Modelo adota visual de SUV cupê com a traseira marcadamente inspirada no atual estilo do Mustang

Modelo adota visual de SUV cupê com a traseira marcadamente inspirada no atual estilo do Mustang

Marcos Camargo Jr. 11.08.2022

Com visual esportivo que remonta à linha atual do Mustang a combustão, o Mach-E já teve mais de 50.000 unidades vendidas nos Estados Unidos. O sucesso do veículo foi tão grande que a Ford chegou a suspender encomendas do Mach E por conta da falta de peças e excesso de pedidos. Atualmente o modelo custa a partir de US$ 43,8 mil (R$ 240 mil em conversão direta) chegando a US$ 65 mil (R$ 345 mil) na versão Performance GT. 

Seu conjunto de baterias tem 91kWh suficiente para uma autonomia de 434km ou 418 km na versão Performance

Seu conjunto de baterias tem 91kWh suficiente para uma autonomia de 434km ou 418 km na versão Performance

Marcos Camargo Jr. 11.08.2022

Motor elétrico e autonomia superior a 400km
Embora a Ford não tenha detalhado informações sobre o Mach-E, o SUV produzido no México é oferecido nas versões Select, GT e Performance no mercado norteamericano. Adota o visual de SUV cupê com a traseira marcadamente inspirada no atual estilo do Mustang e tem dois motores elétricos que somam 487cv de potência e torque em torno dos 87kgfm.

Interior traz painel digital e uma grande central multimídia disposta na vertical

Interior traz painel digital e uma grande central multimídia disposta na vertical

Marcos Camargo Jr. 11.08.2022

Seu conjunto de baterias tem 91kWh suficiente para uma autonomia de 434km ou 418 km na versão Performance. A aceleração fica em torno de 3,6s para sair da imobilidade até os 100km/h. Os números são ligeiramente superiores aos do Volvo C40 elétrico que tem 408cv e 400km de autonomia com preço em torno de R$ 430 mil.

Mach-E já teve mais de 50.000 unidades vendidas nos Estados Unidos

Mach-E já teve mais de 50.000 unidades vendidas nos Estados Unidos

Ford/Divulgação

A Ford pode até apresentar oficialmente o Mach-E no Brasil porém suas vendas devem demorar um pouco. Isso porque toda a produção do modelo está comprometida para este ano. Nos Estados Unidos às concessionárias pararam de formar fila de espera pelo Mustang Mach-E, cujas encomendas só voltarão a ser feitas no ano que vem.

Aceleração fica em torno de 3,6s para sair da imobilidade até os 100km/h

Aceleração fica em torno de 3,6s para sair da imobilidade até os 100km/h

Ford/Divulgação

Plano audacioso para produzir elétricos
Embora não tenha mais fábrica no Brasil a Ford mostrou detalhes do trabalho feito no Centro Técnico de Desenvolvimento em Tatuí/SP, estrutura inaugurada em 1978, que serve para desenvolver, testar e validar produtos da marca destinados a vários mercados do mundo.

Mustang e tem dois motores elétricos que somam 487cv de potência e torque em torno dos 87kgfm

Mustang e tem dois motores elétricos que somam 487cv de potência e torque em torno dos 87kgfm

Ford/divulgação

O espaço já está apto a fazer testes nos modelos híbridos e elétricos. Em uma visita interna, tivemos acesso a estruturas que validam tempo de recarga de energia, testes de rodagem em pistas de alta e baixa velocidade, testes de coeficiente aerodinâmico, simulação de diversos tipos de pavimento além de laboratórios de som e controle de emissões. Além de ter 1.500 profissionais de desenvolvimento de novos produtos em Tatuí e no laboratório em Camaçari.

Centro Técnico em Tatuí conta com 1.500 colaboradores e a marca também mantém um laboratório em Camaçari

Centro Técnico em Tatuí conta com 1.500 colaboradores e a marca também mantém um laboratório em Camaçari

Ford/divulgação

“Estamos provando que investir em desenvolvimento de tecnologia e inteligência automotiva é um negócio rentável, mas que requer uma estrutura de desenvolvimento e testes com profissionais altamente capacitados. Por isso, Tatuí representa um diferencial competitivo e estratégico para a Ford no Brasil e no mundo”, diz Rogelio Golfarb, vice-presidente da Ford América do Sul. A Ford reafirmou o plano de produzir 2 milhões de modelos elétricos para o mercado até 2026 com produção localizada principalmente nos Estados Unidos, México e China.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas