Autos Carros Ford Transit 2022 já começa ser produzida no Uruguai; modelo será vendido no Brasil

Ford Transit 2022 já começa ser produzida no Uruguai; modelo será vendido no Brasil

Novidade será equipada com motores de 213 e 279 cv

Resumindo a Notícia

  • Carro será oferecida nas configurações chassi, minibus, van e cabine dupla
  • Montadora norte-americana tem objetivo de montar entre 5 e 8 mil unidades do carro
  • Transmissão poderá ser manual de seis velocidades ou automática de 10 marchas
  • Tração será integral
Utilitário foi recentemente reestilizado

Utilitário foi recentemente reestilizado

Ford/divulgação

A Ford começou a produzir a nova geração da Transit 2022 no complexo fabril de Nordex, no Uruguai. O modelo será vendido no Brasil, porém, a marca ainda não informou a data de lançamento. A novidade, que será oferecida nas configurações chassi, minibus, van e cabine dupla, tem motorização de 213 e 279 cv.

Marca ainda não tem uma data para o lançamento no Brasil

Marca ainda não tem uma data para o lançamento no Brasil

Ford/divulgação

A montadora norte-americana tem objetivo de montar entre 5 e 8 mil unidades do carro, que poderá ser equipado com motor de 2.0 litros turbodiesel de 213 cv. Também terá uma opção de 3.5 litros V6 a gasolina, que rende 279 cv. A transmissão poderá ser manual de seis velocidades ou automática de 10 marchas. A tração será integral.

Utilitário deve ser vendido nas versões chassi, minibus, van e cabine dupla

Utilitário deve ser vendido nas versões chassi, minibus, van e cabine dupla

Ford/divulgação

É Importante lembrar que a Transit foi tirada de linha em 2014 aqui no Brasil. Além disso, já foi importada da Turquia no período de 2004 a 2018. Desta vez por ser trazida do Uruguai não deve pagar taxa de importação, uma vez que o país está no bloco do Mercosul e, também, terá ao menos 30% de componentes fabricados em território uruguaio.

Modelo deve ter motores V6 e o 2.0 turbodiesel

Modelo deve ter motores V6 e o 2.0 turbodiesel

Ford/Divulgação

Por aqui deverá concorrer com Renault Master, Fiat Ducati, Mercedes-Benz Sprinter e Peugeot Boxer, além de utilitários das linhas Iveco, Hyundai HR e Kia Bongo.

*Em colaboração Felipe Salomão

Últimas