Nissan March tem produção encerrada no Brasil

Sucessor do compacto chegará somente em 2022

Divulgação

Diferente do Versa, ou V-Drive, que ganhou uma sobrevida dentro do portfólio da marca japonesa, o Nissan March que atualmente é fabricado na planta da montadora em Resende (RJ), terá sua produção encerrada em setembro deste ano, depois de 9 anos de mercado.

Em nota oficial, a Nissan confirmou:  “Como parte natural do ciclo de vida do produto e para a adequação de sua capacidade de produção à realidade do mercado, a Nissan decidiu encerrar a fabricação do Nissan March em seu Complexo Industrial de Resende. A Nissan assegura que mantém inalterado todos os serviços de manutenção e reposição de peças para os proprietários das diferentes versões do modelo, que teve uma longa trajetória de sucesso no país.”

Divulgação

O Nissan March estreou no Brasil equipado com motores 1.0 16V e 1.6 16V, sempre com câmbio manual e importado do México. Já em 2014, a montadora resolveu trazer a produção para o Rio de Janeiro, quando o March ganhou sua primeira reestilização. Na sequência, a Nissan trocou os motores 1.0 16V por um 1.0 de 12V de três cilindros. Em 2016 chegou enfim a transmissão automática CVT associada ao motor 1.6.

Com as mudanças de mercado, principalmente no Brasil, quando os SUVs ganham cada vez mais espaço o foco da montadora foi então apostar do Kicks, deixando o March sem atualizações significativas no visual, enquanto na Europa o Micra (como é chamado por lá) já estava em nova geração.

E o futuro?

Divulgação

Especulações afirmam que o sucessor do March no Brasil será fruto da parceria com a Renault usando a plataforma do Kwid e proposta de SUV. Este carro está prestes a chegar ao mercado Asiático com o nome de Magnite conforme antecipamos no *R7*.

Últimas