R7 testou o novo Duster: confira as primeiras impressões

SUV mantém preço e melhora conteúdo enquanto espera novo motor turbo 

Renault Divulgação

Feita a apresentação do novo Duster, que chega na versão 2021 com mais conteúdo, novo interior e o mesmo motor 1.6SCe de 118/120cv com câmbio manual ou CVT em quatro versões, experimentamos a novidade.

Renault Divulgação

O carro em si é o mesmo: a plataforma B0, o motor conhecido e as virtudes e defeitos que estrearam em 2011. Justiça seja feita: ao manter os mesmos preços a Renault dá um recado claro que vai enfrentar os concorrentes com um SUV rejuvenescido.

Marcos Camargo Jr

Já falamos das mudanças internas e externas mas ao volante é possível sentir a diferença. A direção está mais direta e os assentos são mais confortáveis. Apesar do plástico dominar a cabine o novo design retilíneo caiu bem ao Renault e o bom espaço interno em seus 4,37m de comprimento.

Marcos Camargo Jr

A versão Iconic traz chave cartão presencial que precisa estar no console antes de dar a partida por botão. Faria mais sentido estar no bolso mas vamos adiante.

Renault Divulgação

O motor SCe 1.6 é lento mas guiar com ele pela cidade ou em estrada sem muita pressa é agradável. Os 16kgfm de torque aparecem só aos 4.000rpm de torque e não há trocas manuais atrás do volante. O câmbio CVT simula seis marchas e o ruído do motor só é notado nas acelerações mais vigorosas. De novo no motor só mesmo o start stop que promete alguma economia de combustível. A direção elétrica substituiu o antigo mecanismo eletro-hidráulico e ficou muito melhor na prática

No futuro o SUV terá motor 1.3 turbo oferecido aqui no Classe A que o R7-Autos Carrostestou, mas isso só irá ocorrer após a troca de motores no Captur que mudará no próximo ano. Até lá o Duster continuará sendo um bom crossover de entrada para a Renault.

Marcos Camargo Jr

Ponto de elogio é a nova multimídia Easilynk com tela capacitiva, novos comandos e interface modernizada. É ainda melhor que a Media Evolution mantendo a conexão bluetooth e Apple CarPlay e Android Auto mas abre mão de alguns mimos como a climatização projetada na tela. Ainda assim o ar digital tem três botões bem iluminados o centro do painel e são fáceis de manejar.

Vale a pena?

Para se manter competitivo o Duster traz ares de novidade mantendo o essencial de sua base, espaço interno, interior renovado e pequenos mimos. Se for considerar os 12 SUVs compactos à venda no país com valor mais acessível o desempenho do SCe não é um ponto fraco: seus competidores diretos tem motorização igualmente limitada como o Jeep Renegade 1.8 e.TorQ, Nissan Kicks 1.6, Hyundai Creta 1.6, Honda WR-V 1.5 e também o HR-V 1.5, Tiggo 2 1.5, EcoSport 1.5, Citroën C4 Cactus 1.6 e Peugeot 2008 1.6. Todos os demais turbinados custam muito mais que o Duster nas versões equivalentes. Vamos ver se o consumidor responderá bem a essa estratégia da Renault nos próximos meses.

O Renault Duster será oferecido em quatro versões com o motor 1.6 SCe

Duster Zen 2020: R$ 71.790
Barras de teto pretas, direção elétrica, ar-condicionado manual, faróis com assinatura de LED, vidro elétrico nas quatro portas, start/stop, banco do motorista com regulagem de altura, banco traseiro rebatível bipartido, tomada 12V, rodas de aço 16”, rádio, quatro alto-falantes e chave canivete.

Duster Zen CVT: R$ 77.790
acrescenta o já conhecido câmbio CVT e ponteira cromada do escapamento.
São opcionais o novo sistema Multimídia EasyLink, faróis de neblina, rodas de liga leve 16” e painel de instrumentos com visor LCD por R$ 3.000 no chamado pacote “Techno”.

Duster Intense: R$ 83.490
Acrescenta a grade e barras de teto cromadas, maçanetas pintadas na cor da carroceria, faróis de neblina e apliques no pára-choque, retrovisor elétrico cromado, rodas de liga leve aro 16, vidros elétricos com função um-toque, volante de couro, multimídia EasyLink, sensor de estacionamento e câmera traseira, ar-condicionado automático digital, regulador e limitador de velocidade. Os bancos de couro são opcionais por R$ 1.700.

Duster Iconic: R$ 87.490
Acrescenta o sistema de câmeras Multiview (360 graus), chave cartão presencial, rodas de alumínio aro 17 diamantadas, alerta de ponto cego, sensor de luminosidade e apoio de braço. O pacote Outsider é opcional por R$ 2.300