Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Teste do Citroën C3 Aircross 7: espaço em pacote despojado

Crossover tem motor 1.0L Turbo flex T200 de três-cilindros que produz 130 cv e 20,4 kgfm

Autos Carros|Marcos Camargo Jr. e Marcos Camargo Jr.

SUV tem preço a partir de R$ 109.990
SUV tem preço a partir de R$ 109.990 SUV tem preço a partir de R$ 109.990 (Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

Após o lançamento da nova geração do Citroën C3 Aircross, a rede de concessionários da marca começa a recebe me as versões de 7 lugares da novidade. O R7-Autos Carros testou a novidade por cinco dias para conhecer melhor os atributos do Citroën C3 Aircross em seu pacote mais completo de itens de série e sete assentos.

SUV tem o mesmo visual da versão de cinco lugares
SUV tem o mesmo visual da versão de cinco lugares SUV tem o mesmo visual da versão de cinco lugares (Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

7 pessoas a bordo

O grande diferencial do Citroën C3 Aircross 7 é o espaço interno. Ele tem as mesmas características de espaço do modelo de 5 lugares e consegue, com a adição da terceira fila de bancos, não afetar o espaço da segunda fileira. No porta-malas mantém a mesma capacidade de 493 litros do modelo de 5 lugares, quando a terceira fileira de bancos está desinstalada. Já com os 2 bancos da terceira fila instalados a capacidade de carga do porta-malas é reduzido a um mínimo com só 50 litros.

Retirada dos bancos traseiros não complicada
Retirada dos bancos traseiros não complicada Retirada dos bancos traseiros não complicada (Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

Com essa realidade a bordo do Aircross, posicionamos 7 pessoas no veículo e enquanto os ocupantes da segunda fila elogiaram o espaço para os pés e ombros, os dois últimos relatam que o ideal é usar era opção apenas em viagens curtas. Para crianças é o ideal mas adultos de estatura média podem não gostar da sensação a bordo.

Publicidade
(Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

O acesso é feito puxando-se alavancas no encosto lombar e no assento da segunda fileira de bancos, rebatendo-se o encosto e assento do banco para frente. Os passageiros da terceira fileira terão disponíveis duas tomadas USB extras e dois porta-copos, porém o espaço é pequeno com pouca visibilidade externa.

(Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

A retirada da terceira fileira do C3 Aircross 7 é uma tarefa relativamente simples. Um pino na parte superior e uma fita embaixo do banco permitem que o assento seja retirado por inteiro. Estes rebatimentos dos bancos da segunda fileira e a retirada ou rebatimento dos assentos da terceira fileira dão uma flexibilidade de carga e transporte, ou de passageiros e carga combinados. 

Publicidade
Grande diferencial do Citroën C3 Aircross 7 é o espaço interno
Interior do Citroën C3 Aircross (Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

Dimensões do Citroën C3 Aircross 7

O C3 Aircross 7 tem 4.320 mm de comprimento e está próximo de concorrentes como o Honda HR-V (4.330), Hyundai Creta (4.300), Nissan Kicks (4.310), Renault Duster (4.376) e a Chevrolet Tracker, (4.270). No entre-eixos, são 2.675 mm, mais longo que a Duster (2.673), HR-V (2.610), Creta (2.610), Kicks (2.610), T-Cross (2.651) e Tracker (2.570). Na prática é uma minivan ainda que a Citroën chame de SUV. Seja como for suas dimensões estão mais para modelo médio do que compacto, virtude da plataforma CMP versátil e de interior espaçoso.

Publicidade
Modelo traz painel digital e ampla central multimídia
Modelo traz painel digital e ampla central multimídia Modelo traz painel digital e ampla central multimídia (Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

A altura de 1.641 mm e largura de 1.720 mm em conjunto com o design dos paralamas, para-choques, faróis e lanternas dão ao C3 AIRCOROSS 7 um porte de “carro grande “e imponente em linha com os objetivos da Citroen-Stellantis de ter um carro com custo reduzido, um “B-SUV” para atender um público menos exigente mas com custo bem acessível. A Citroën se reposiciona como uma marca de volume no mercado brasileiro, de apelo popular e que entrega o “essencial” aos seus clientes. É algo distante do que oferecia no passado com modelos alinhados quase sempre ao mercado europeu mas de preço elevado e baixo volume de vendas.

(Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

Tudo tem seu preço e no C3 Aircross não é diferente

Como mencionado, o objetivo da Citroën em processo de ganho de volume de vendas é o de oferecer carros mais acessíveis. O acabamento do C3 Aircross 7 traz a mesma sintonia da versão de 5 lugares. Tudo é bem simples, com muto plástico, há uma chave esguia que não é do tipo canivete ou presencial. Também não há ajuste de altura dos cintos de segurança dianteiros, nem mesmo para o motorista, não estão presente assistentes ativos ao condutor, como frenagem autônoma emergencial e ACC (controle de cruzeiro adaptativo) que se tornaram comuns em SUVs compactos, mas suprimidas no novo Aircross. Em termos segurança há apenas dois airbags de série ou quatro nos modelos mais caros.

Modelo preserva assinatura luminosa do C3
Modelo preserva assinatura luminosa do C3 Modelo preserva assinatura luminosa do C3 (Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

A central multimídia é de 10 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay sem fio e na versão avaliada o Citroën C3 Aircross contava com um carregador de celular por indução no painel. Os comandos do ar-condicionado são botões de fácil operação no centro do painel mas de aparência rústica e o volante é multifuncional e intuitivo, com ajuste apenas de altura, sem regulagem de profundidade da coluna de direção. O quadro de instrumentos é digital de 7 polegadas de boa leitura e contraste.

Porta-malas mantém a mesma capacidade de 493 litros do modelo de 5 lugares
Porta-malas mantém a mesma capacidade de 493 litros do modelo de 5 lugares Porta-malas mantém a mesma capacidade de 493 litros do modelo de 5 lugares (Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

Todas as funcionalidades no painel ou multimidia são simples, intuitivos e de fácil operação, alguns botões são posicionados do lado esquerdo da coluna de direção de difícil visualização. Os botões de abertura e fechamento dos vidros dianteiros são posicionados nas portas dianteiras, porem os traseiros estão no console central em uma posição “ruim” tanto para os passageiros da primeira quanto da segunda fileira de bancos. A posição de dirigir é alta e confortável favorecendo o perfil “SUV” proposto pela marca.

Crossover tem saída de ar no teto para os bancos traseiros
Crossover tem saída de ar no teto para os bancos traseiros Crossover tem saída de ar no teto para os bancos traseiros (Marcos Camargo Jr. 06.03.2024)

O que parecia ser um diferencial, a saída de ar condicionado no teto para os passageiros da segunda e terceira fileiras, acabou sendo inconveniente pelo ruido gerado por seu ventilador, localizada próxima as cabeças do motorista e carona o ruido gerado incomoda de sobremaneira , principalmente se estiver ligada em velocidade elevada. O ruído do ventilador do ar condicionado no cofre do veículo também incomodam.

(Marcos Camargo Jr. 23.02.2024)

A suspensão do Citroën C3 Aircross é um dos pontos positivos do veículo. É um carro macio sem comprometer a estabilidade e capaz de filtrar imperfeições do solo. Dado a altura do solo de 233 mm e ângulos de ataque de 23,8° na dianteira e 32° na traseira, transpor obstáculos com ele não é um problema, passar por valetas e lombadas é uma tarefa simples. Em curvas mais acentuadas, a carroceria rola um pouco mais do que deveria, mas não chega a preocupar os ocupantes.

Segundo a Citroën, vai de 0 a 100 km/h em até 9,8 segundos
Segundo a Citroën, vai de 0 a 100 km/h em até 9,8 segundos Segundo a Citroën, vai de 0 a 100 km/h em até 9,8 segundos (Citroën/Divulgação)

O C3 AIRCROSS 7 tem 1.272 kg com o motor 1.0L Turbo flex T200 de três-cilindros e 12V com injeção direta e sistema MultiAir III que produz 130 cv e 20,4 kgfm de torque já a 1.750 rpm faz retomadas rápidas e mantém a velocidade desejada em estradas com câmbio CVT automático de 7 velocidades simuladas. O motor transmite de forma suave e linear o torque e a potencia, sem trancos ou passagens grosseiras de velocidade. Segundo a Citroën, vai de 0 a 100 km/h em até 9,8 segundos e seu consumo de acordo com o Inmetro, é de 10,6 km/litro na cidade e 12 km/litro na estrada com gasolina, e 7,4/8,6 km/litro com etanol, respectivamente.

NOVO CITROËN C3 AIRCROSS SHINE 5 lugares de R$ 129,9 mil: ANTI-SPIN custa pouco mas é SIMPLES DEMAIS. Veja o vídeo!

O Citroën C3 Aircross tem um bom espaço interno, bom comportamento com o motor 1.0 turbo combinado com uma transmissão CVT, é confortável e espaçoso. Faltam alguns atributos de maior luxo que compradores antigos da marca vão notar e alguns itens de conforto que a Citroën espera compensar por um preço agressivo a partir de de R$ 109.990 até R$ 136.590, caso da versão avaliada nesta reportagem. Teremos uma boa noção da aceitação do C3 Aircross quando a nova Chevrolet Spin chegar ao mercado no final deste mês de março.

* com a colaboração de Henrique Pereira

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.