Volkswagen deixa de produzir Fox na Argentina 

Baixo volume de vendas foi o principal motivo para tirar o compacto de linha que segue sendo oferecido no mercado brasileiro

Com baixo volume de vendas no país vizinho, o Volkswagen Fox deu adeus ao mercado Argentina, segundo informações divulgadas hoje (7), pela montadora.

Divulgação

O carro já foi retirado do site VW Argentina. Porém, alguns concessionários ainda comercializam os carros que tem em estoque remanescente. Por lá, o hatch é vendido por 1,2 milhão de pesos, cerca de R$ 102.360, na cotação atual. Aqui no Brasil, o Fox é produzido na planta da Volkswagen em São José dos Pinhais, no Paraná (mesmo local do T-Cross) e tem preços a partir de R$ 51.990 na versão Connect e R$ 57.990 na versão Xtreme. A perua Space Fox já havia saído de linha no ano passado.

Divulgação

Será o fim da linha no Brasil?

Por hora, é difícil aposentar o compacto no mercado nacional. O volume de vendas ainda é interessante para a montadora alemã. Somente em 2019, foram vendidas 38.484 unidades do Fox, mais do que muitos concorrentes.

Por aqui também o carro é vendido com apenas uma motorização: 1.6 MSI de 104cv e transmissão manual de cinco velocidades. Nos últimos anos a gama tem sido reduzida consideravelmente mas o Fox já teve versões com motor 1.0 e 1.6 e câmbio manual ou robotizado iMotion. Chegou a ser um dos grandes sucessos da marca em versões como o CrossFox.

Divulgação

No entanto, com a pandemia de Covid-19, muitas coisas podem mudar. A Volkswagen tem planos de lançamentos de novos produtos até 2023 e com volume baixo de vendas de alguns de seus carros, alguns sacrifícios podem ser feitos. O novo é gol é uma prova disso, já que teve seu projeto congelado.

*Com a colaboração de Guilherme Magna

Últimas