Luiz Fara Monteiro Dassault traz Falcon 8X e 2000LXS à feira de aviação em Congonhas

Dassault traz Falcon 8X e 2000LXS à feira de aviação em Congonhas

 Maior evento da aviação executiva na América Latina começa hoje em São Paulo

Falcon 10X: prometido pela Dassault como aeronave mais avançada na aviação executiva

Falcon 10X: prometido pela Dassault como aeronave mais avançada na aviação executiva

Dassault - Divulgação

De hoje (9) até 11 de agosto, o Aeroporto de Congonhas, na cidade de São Paulo, recebe a 17ª edição da Labace, o maior evento da aviação executiva na América Latina. A Dassault Aviation mais uma vez marcará presença, com a exposição de duas de suas mais importantes aeronaves: o Falcon 8X e o Falcon 2000LXS, no espaço 9006 da feira.

Conforme o blog noticiou, o FAA e a EASA aprovaram o uso do avançado visor duplo frontal da Dassault, conhecido como FalconEye, no Falcon 8X trijet de ultralongo alcance da empresa, acrescentando à capacidade de operações de baixa visibilidade da aeronave, líder da indústria. A configuração dupla HUD permitirá, em última análise, uma capacidade “EFVS-to-land” em condições próximas a zero, enquanto se aguarda a nova regulamentação da EASA.

"O resultado final é que esta aprovação representa maior segurança e mais capacidade para os Falcons equipados com o FalconEye da Dassault, tecnologia pioneira na indústria", disse Carlos Brana, Vice-Presidente Executivo de Aeronaves Civis da Dassault Aviation.

A Dassault Aviation tem sido líder indiscutível no desenvolvimento da tecnologia HUD. Em 2016, a Dassault introduziu o FalconEye, o primeiro sistema de exibição frontal (HUD) a combinar o mapeamento sintético, com banco de dados e imagens reais de câmeras térmicas e de baixa luminosidade. Hoje, uma aeronave equipada com HUD FalconEye pode voar em aproximações de não-precisão a 100 pés.

Vários operadores 8X já programaram a instalação do novo módulo, o que possibilita que ambos os pilotos compartilhem a mesma visão sintética e melhorada, permitindo que um aja como "piloto em voo" enquanto o outro monitora as condições de voo. Os HUDs duplos aumentam a consciência situacional e simplificam o treinamento no mesmo nível de experiência e qualificação para abordagens.

A opção de HUD duplo será certificada no Falcon 6X, que entrará em serviço em meados de 2023, e no Falcon 10X de alcance ultralongo, planejado para a certificação no final de 2025.

O HUD duplo no Falcon 10X levará a configuração a um nível ainda mais avançado no qual poderá servir como o "meio primário de operação do piloto", liberando os pilotos para configurar o painel de instrumentos para outros usos.

Enquanto isso, as atuais aeronaves equipadas com HUD e FalconEye da Dassault podem agora operar até 200 pés com um crédito visual de pista (RVR) de 30% sem a necessidade de aprovação específica do departamento de voo da EASA. A EASA facilitou os requisitos de aprovação após levar em conta as melhorias da tecnologia HUD e EFVS nos últimos 20 anos.

A produção de peças para o novo Falcon 10X de longo alcance da Dassault Aviation está em andamento, com a montagem final da primeira aeronave programada para começar no próximo ano.

Com o projeto detalhado quase completo, a produção e a montagem do “twin ultrawidebody” estão sendo preparados em locais na Europa e na América do Norte, incluindo uma nova fábrica inteligente 4.0 em Seclin, no norte da França. Uma nova área de produção em Biarritz, no sudoeste da França, é dedicada à asa “all-composite” da aeronave. Uma primeira asa está em montagem final e será colocada em um equipamento de teste estático neste verão.

"Estamos fazendo excelentes progressos para colocar esta nova aeronave em produção e nos próximos meses haverá um fluxo crescente de peças, subsistemas e grandes estruturas em nossas instalações no sul da França", disse o Presidente e CEO da Dassault Aviation, Eric Trappier. "Com a ajuda dos principais fornecedores mundiais, o Falcon 10X será a aeronave mais avançada e capaz na aviação executiva".

O 10X terá a maior cabine de qualquer jato executivo, juntamente com o interior mais flexível e acolhedor. Com uma altura de cabine de 2,03 metros e volume de 78,7 metros cúbicos, a cabine ultraespaçosa foi comparada a uma “cobertura voadora”. O alcance será de 7.500 milhas náuticas (13.900 km) a Mach 0,85 e a velocidade máxima será de Mach 0,925.

O primeiro dos motores Pearl 10X extremamente eficientes que alimentará o 10X, recentemente rodou em uma bancada de testes nas instalações da Rolls-Royce em Dahlewitz, Alemanha, superando seu nível de propulsão alvo na primeira corrida. A Rolls-Royce já realizou 1.000 horas de testes com o motor de propulsão de mais de 18.000 libras, incluindo a utilização de combustível de aviação 100% sustentável. O Pearl 10X será certificado para 100% de SAF.

Outros destaques dos testes incluem a instalação de um banco de integração de vários sistemas, completo com computadores subsistemas, na instalação de testes de vôo da Dassault Istres, perto de Marselha. Esta bancada multi-sistemas, juntamente com bancadas individuais para sistemas de combustível, elétricos, hidráulicos e controles de vôo, servirá para garantir que todos os sistemas sejam totalmente testados e amadurecidos quando o 10X for para o céu.

A certificação e entrada em serviço está prevista para o final de 2025.

A Dassault Aviation é uma empresa aeroespacial líder com presença em mais de 90 países em seis continentes. A Dassault projeta e constrói a família de jatos executivos Falcon, bem como o jato de combate Rafale. A empresa emprega mais de 12.000 funcionários e possui instalações de produção na França e nos Estados Unidos, além de uma rede mundial de serviços. Desde o lançamento do primeiro Falcon 20 em 1963, mais de 2.650 Falcons foram entregues. As linhas tri-jet e bimotor oferecem excelente eficiência e conforto, com faixas de 3.500 nm a 7.500 nm. Eles incluem o carro-chefe Falcon 10X, os pioneiros Falcon 7X e 8X, o widebody Falcon 6X e os versáteis Falcon 900LX, 2000LXS e 2000S. O Atendimento ao Cliente Falcon continua ocupando o primeiro lugar nas principais pesquisas de aviação executiva.

A Dassault Falcon Jet Corp. é uma subsidiária integral da Dassault Aviation, França. Comercializa e apóia a família de jatos executivos Falcon em toda a América do Norte e América do Sul.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas