A declaração do príncipe William também vale para a CPI da Covid

Para ele, é preciso investir em tentar melhorar a Terra e não procurar outro lugar para viver

Em entrevista a um programa de rádio da BBC, o príncipe William revelou o que pensa sobre o turismo espacial financiado por bilionários, como Elon Musk, Richard Branson e Jeff Bezos. "Precisamos das melhores mentes e dos melhores cérebros do mundo com o foco em consertar a Terra, não procurando outro lugar para irmos e vivermos."

William fez essa declaração no mesmo dia em que o ator William Shatner participou de uma viagem ao espaço em uma das naves do grupo Blue Origin, de Jeff Bezos.

O marido da duquesa Kate Middleton ainda disse estar preocupado com o que vai acontecer com o mundo. "Os jovens estão cada vez mais conscientes de que o futuro deles está ameaçado e isso é motivo de muita tensão e ansiedade."

Política

Concordo com tal afirmação. Afinal, o homem, guiado pelo egoísmo, já prejudicou o funcionamento da Terra como um todo e, em vez de buscar melhorar o lugar em que vive, visa interferir em outros planetas. 

Príncipe William diz que bilionários deveriam focar na Terra em vez de investir no turismo espacial

Príncipe William diz que bilionários deveriam focar na Terra em vez de investir no turismo espacial

Reprodução

Como já citei neste blog, muitos têm sonhado com a possibilidade multiplanetária, ou seja, de conseguir viver, passear e até colonizar o espaço. Mas será que esse é um caminho positivo para o futuro da humanidade?

Essa linha de pensamento me fez refletir sobre o que está acontecendo aqui no Brasil, na CPI da Covid, onde o foco em investigar eventuais desvios de dinheiro e negligências no serviço público (e não no privado) foi, por diversas vezes, direcionado a outros lugares e o real problema continua existindo.

Em busca de palanque político, senadores deixaram de lado questões essenciais que nos ajudariam a entender, questionar e discutir como a pandemia foi conduzida no país. Muitos daqueles que são acusados de falhas e corrupções durante este período (como, por exemplo, governadores) nem sequer prestaram contas à população.

Vida pessoal

Assim também acontece em outras áreas da vida. Quantas vezes temos um problema sério para resolver, mas o deixamos de lado e voltamos nossa atenção para outras coisas, não é mesmo? O ser humano tem tendência de querer fugir dos problemas ao invés de enfrentá-los.

Além disso, sempre em busca de algo mais e visando ao enriquecimento, age, muitas vezes, de forma autodestrutiva e individualista.

É irônico e triste ver tanto avanço e retrocesso ao mesmo tempo.

Últimas