Ex de jogador revela que casamento acabou porque fama subiu à cabeça

Modelo falou ao jornal The Sun que Riyad Mahrez mudou de comportamento após ser contratado pelo Manchester City

A modelo Rita Johal, de 28 anos, revelou recentemente ao jornal britânico The Sun que seu casamento com o jogador de futebol do Manchester City, da Inglaterra, Riyad Mahrez, de 30 anos, terminou porque ele não teria lidado bem com a fama, o que fez com que o atleta invertesse suas prioridades.

"Quando nos conhecemos, amava os valores dele. E eu queria uma vida familiar sólida. Mas, tudo mudou em 2018, quando ele assinou com o Manchester City", afirmou Rita.

O jogador começou sua carreira no Leicester City antes de ser contratado pelo Manchester City

O jogador começou sua carreira no Leicester City antes de ser contratado pelo Manchester City

Reprodução / The Sun

A transferência dele rendeu o equivalente a mais de R$ 300 milhões. "Ele mudou depois de receber tanto reconhecimento, parou de me perguntar como foi meu dia e o que eu ia fazer. Deixou a fama subir à cabeça. De repente, em 2019, me deixou, culpando a pressão de jogar no Manchester City. Agora ele passa o tempo todo viajando nas férias, sem se preocupar com o mundo. Estou triste com o que ele fez com a nossa família", lamentou a ex-esposa do jogador.

Rita e Riyad são pais de duas meninas, Inaya e Ayla.

Poder x humildade

É claro que somente o casal sabe o que aconteceu. Riyad não se manifestou sobre as declarações da ex. Mas, o que ela disse traz uma importante reflexão sobre como deixamos as oportunidades que aparecem durante a vida refletirem nas nossas prioridades.

Há uma frase atribuída a Abraham Lincoln que diz que "para conhecer o caráter de uma pessoa basta dar-lhe poder". Infelizmente há quem pense que só porque têm um determinado cargo, posição ou conta bancária gorda pode humilhar os outros e tratá-los como bem entender.

Acha que por ter algum tipo de autoridade que este mundo proporciona tem o direito de maltratar quem está "abaixo" e até mesmo ignorar a própria família. Não é grato pela responsabilidade que tem, pelo contrário, é egoísta, invejoso e tem medo de perder o que "conquistou".

Imagino que muitos estão sofrendo atualmente com o difícil temperamento de líderes, parceiros, pais, filhos, gestores, entre outros que estão dominados pela soberba. A verdade é que quando o ego ganha espaço, prejudica tudo por onde passa.

A soberba é um caminho para a solidão e para a destruição, sem atalhos

A soberba é um caminho para a solidão e para a destruição, sem atalhos

Reprodução / Shutterstock

O perigo da vaidade

Normalmente são pessoas envolvidas em apenas "fazer" e se esquecem de "ser".

Por isso, quando deixamos a emoção de lado e priorizamos a razão, nos damos conta que é perda de tempo focar a vida em "adorar" uma posição, pois ela vai ficar na terra quando morrermos. E qual terá sido o nosso legado? 

Assim, o orgulho pode estar levando alguém à destruição neste exato momento. A sabedoria nos ensina que quanto maior esse sentimento maior a queda e também que as pessoas com esse comportamento enfrentam muita dificuldade para reconhecer os próprios erros e evitar as consequências de suas atitudes.

Portanto, é necessário fazer uma autoanálise, deixar de ser aquela pessoa que aponta o dedo para os outros e se tornar a que estende a mão. Quem quer ser feliz em todas as áreas da vida precisa avaliar qual tem sido sua postura diante dos amigos, familiares, funcionários e colegas de trabalho. Somente assim, conseguirá descobrir até que ponto o ego tem controlado sua vida.

Não se esqueça: quem tem caráter jamais se considera melhor ou superior aos outros.  

Últimas