Quem são as pessoas que alugam um amigo por mais de R$ 220 por hora

Especialista afirma que solitários têm buscado preencher o vazio que sentem com 'amigos de mentira'

Costumo dizer que podemos contar os amigos verdadeiros nos dedos de uma mão, mas parece que essa frase está ficando ultrapassada, uma vez que, apesar de muitas pessoas colecionarem seguidores nas redes sociais, dificilmente têm, na vida offline, alguém com quem contar.

Podemos constatar isso ao notar o crescimento do serviço rent a friend (alugue um amigo, em tradução livre). O que antes era uma ferramenta exclusiva dos orientais já migrou para os Estados Unidos e outros países. Agora é possível ter um "amigo" por uma média de US$ 40 por hora (mais de R$ 220).

Pessoas solitárias buscam conforto ao alugar "amigos"

Pessoas solitárias buscam conforto ao alugar "amigos"

Denis Rozhnovsky / Shutterstock

Qualquer um pode se candidatar a uma vaga. Porém, mesmo não existindo um perfil-padrão, normalmente os jovens estudantes, desempregados ou endividados são os que preenchem os requisitos. Afinal, essa é uma possibilidade para ganhar um dinheiro extra sem precisar de muito esforço. 

Geração solitária

A economista Noreena Hertz afirma que quem procura esse tipo de amizade costuma ser solitário. Em O século da solidão ela chegou a relatar o caso de um homem que estava tão carente que gastou mais de US$ 2 mil por mês com amigos de aluguel. Por causa dos gastos, perdeu sua casa e teve que ir morar no carro. 

Infelizmente, sem saber como lidar com a própria solidão, muitos acreditam que esse tipo de serviço pode resolver o vazio que sentem. Mas não é passando uma hora com um desconhecido que o buraco no peito será preenchido.

Vivemos em uma sociedade narcisista em que as pessoas são incentivadas a conquistar e a valorizar o ego. Com isso, se deixam de lado a conversa e o olhar para o outro.

Um estudo da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, constatou que as mídias sociais também colaboram para que os usuários se sintam mais solitários. Segundo a pesquisa, pessoas que gastam mais de duas horas por dia nessas plataformas têm duas vezes mais probabilidade de se sentir socialmente isoladas.

Amizades verdadeiras se cultivam com o tempo e não podem ser compradas

Amizades verdadeiras se cultivam com o tempo e não podem ser compradas

Reprodução

Relações reais

O ser humano precisa de relacionamentos sólidos e eles dependem de dedicação e interesse mútuos.

Amizade é reciprocidade, é se preocupar com o outro, é saber ouvir de verdade, é amar sem interesse.

Por isso, para conquistar um amigo de verdade é necessário se preocupar muito mais em ser do que em ter.

Últimas