Rio de Janeiro BRT do Rio de Janeiro paralisa serviços nesta segunda

BRT do Rio de Janeiro paralisa serviços nesta segunda

Rio entrou em estágio de atenção por conta da dificuldade de locomoção na cidade com a paralisação do serviço

  • Rio de Janeiro | Da Agência Brasil

Passageiros enfrentam filas de ônibus regulares por causa da paralisação do BRT

Passageiros enfrentam filas de ônibus regulares por causa da paralisação do BRT

JORGE HELY/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 01.02.2021

O BRT (linha rápida de ônibus) do Rio de Janeiro paralisou na manhã desta segunda-feira (1º) os serviços de seus três corredores (Transoeste, Transcarioca e Transolímpica). Segundo a BRT Rio, concessionária responsável pelos serviços, a paralisação ocorreu devido à greve de motoristas.

A empresa informa que a mobilização dos motoristas acarretou irregularidades nos intervalos e isso inviabilizou o funcionamento do sistema. Por isso, a empresa interrompeu a circulação de seus ônibus.

O BRT Rio diz que está atravessando uma grave crise econômico-financeira, devido a fatores como a pandemia de covid-19 e o congelamento de tarifa há dois anos. Por isso, não tem recursos para pagar a segunda parcela do salário de janeiro dos funcionários, nem para comprar insumos como combustível.

A prefeitura do Rio de Janeiro fez um apelo para os motoristas voltarem a trabalhar, informou que conversará com os envolvidos na mobilização e disse esperar que não seja uma paralisação combinada entre empresa e rodoviários.

A paralisação dos serviços do BRT provocou aglomerações no sistema de ônibus comum.

Últimas