Candidato à Prefeitura de Búzios (RJ) sofre atentado a tiros em Cabo Frio

Tom Viana (PSL) teve carro atacado por suspeitos na BR-102. Postulante ao cargo de chefe do poder executivo do município estava em um veículo blindado

Blindagem impediu que balas atingissem Viana

Blindagem impediu que balas atingissem Viana

Reprodução/Record TV Rio

Um candidato à Prefeitura de Armação de Búzios foi atacado a tiros na noite de quinta-feira (12), na BR-102, em Cabo Frio, na Região dos Lagos. Tom Viana (PSL) estava dentro de um carro blindado e não foi atingido por nenhum dos tiros disparados contra o carro.

Testemunhas de acusação do caso Flordelis são ouvidas nesta sexta

Em depoimento, o candidato, que é policial militar há 20 anos, declarou que estava dirigindo quando dois homens em uma moto emparelharam com o carro e realizaram os disparos.

Pelo menos três disparos acertaram a janela do condutor do carro. Policiais militares foram até o local do ataque, mas nenhum suspeito pelo crime foi preso.

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado na 127ª DP (Armação de Búzios), mas será investigado pelos agentes da 126ª DP (Cabo Frio). Ainda segundo a instituição, o carro do candidato foi apreendido e passará por perícia.

Dois ataques na mesma noite

Além dia Viana, o candidato a vereador em Magé, na Baixada Fluminense, Kleyson Gatão (PSL) e o cabo eleitoral Igor Patrick foram atacados a tiros em um posto de gasolina da cidade. Assim como o postulante ao cargo de prefeito em Búzios, Kleyson também estava em um carro blindado e não foi atingido pelos disparos.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa