Cavalos usados por loja de construção são apreendidos no Rio

De acordo com denúncia de moradores de Guaratiba, na zona oeste, animais eram explorados de segunda à segunda durante todo horário comercial

Veículos de tração animal são proibidos no Rio

Veículos de tração animal são proibidos no Rio

Reprodução/Record TV Rio

Dois cavalos usados por um estabelecimento para carregar materiais de construção foram apreendidos, em Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a denúncia de moradores do bairro, os animais eram explorados de segunda à segunda durante o horário em que a loja funcionava.

Deslizamento atinge 12 casas na Mangueira, zona norte do Rio

Agentes da Subem (Subsecretaria de Bem-Estar Animal) e da Vigilância Sanitária municipal foram ao estabelecimento e resgataram os cavalos. O veterinário responsável pelo Controle de Zoonoses do Rio, Antônio Cláudio, afirmou que apesar da exploração os animais não apresentavam problemas de saúde.

“Esses animais chegaram com estado de saúde razoável. Não foram constatadas lesões importantes ou doenças dignas de notas em um segundo momento. Eles foram identificados, alimentados e continuam aqui.”

O proprietário da loja de material de construção entrou com pedido para reaver os dois cavalos. Entretanto, os animais só serão liberados após o dono do estabelecimento comprovar tratamento veterinário, alimentação adequada e moradia para os equinos.

Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos já dura três dias

O uso de animais como tração de veículos é proibido no município do Rio de Janeiro. A multa pelo descumprimento da lei varia entre R$ 400 e R$ 40 mil.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa