Rio de Janeiro Ciclista atropelado por jogador do Flamengo é enterrado na Baixada

Ciclista atropelado por jogador do Flamengo é enterrado na Baixada

Jônatas trabalhava como entregador de aplicativo quando a fatalidade aconteceu. Lateral Ramon prestou socorro à vítima

  • Rio de Janeiro | Rafaela Oliveira, do R7*, com Record TV Rio

Jônatas será enterrado na Baixada

Jônatas será enterrado na Baixada

Reprodução/Redes sociais

O corpo do entregador de aplicativo Jônatas Davi dos Santos, de 30 anos, foi enterrado na manhã desta segunda-feira (6). No último sábado (4), o rapaz foi atropelado pelo lateral-esquerdo do Flamengo, Ramon Ramos, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. 

O enterro de Jônatas começou por volta das 10h de hoje, no cemitério de Bogaba, em Piabetá, distrito de Magé, na Baixada Fluminense. A cerimônia durou cerca de 1h30. 

A equipe do atleta informou que está colaborando com as despesas do sepultamento.

Segundo a PM, policiais do 31º BPM (Barra da Tijuca) realizavam patrulhamento pela avenida das Américas quando depararam com um acidente de trânsito envolvendo um carro e uma bicicleta no dia 4 de dezembro. A vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, no mesmo bairro, pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos. 

Em depoimento dado à polícia ao lado do advogado, o jogador Ramon negou ter ingerido bebida alcoólica antes de se envolver no atropelamento que provocou a morte do ciclista. No acidente, o lateral prestou socorro e acionou os bombeiros. 

A Polícia Civil confirmou que a perícia foi realizada no local e que Ramon não apresentava sinais de embriaguez. Como informado pela 16ª DP (Barra da Tijuca), que investiga o caso, diligências estão em andamento para coletar imagens de câmeras de segurança da região, bem como mais informações de possíveis testemunhas e depoimentos. 

Em nota, o jogador Ramon lamentou o ocorrido. "Reafirmo o respeito às leis de trânsito e ressalto que estava dentro da velocidade permitida quando fui surpreendido por Jônatas, que estava em uma bicicleta. Reforço que, logo após o acidente, acionei o socorro e permaneci no local prestando todo o auxílio e informações às autoridades", completou o lateral Rubro-Negro.

Ainda por meio da nota, o atleta, de 20 anos, afirmou que está "buscando forças para auxiliar em tudo o que for necessário a família da vítima". O empresário do jogador, Ulisses Jorge, reiterou as informações.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas