Rio de Janeiro Crivella calcula prazo de 10 dias para funcionamento pleno de hospitais

Crivella calcula prazo de 10 dias para funcionamento pleno de hospitais

Unidades para atendimento de pacientes com covid-19 vão receber primeira leva de equipamentos de saúde que chegaram da China 

Hospital de campanha vai receber 80 respiradores

Hospital de campanha vai receber 80 respiradores

Divulgação/Prefeitura do Rio

Com a chegada de equipamentos de saúde comprados na China, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, fez uma estimativa, nesta quarta-feira (13), de que os hospitais para atendimento de pacientes com covid-19 estejam em pleno funcionamento em um prazo de até 10 dias.

Segundo a prefeitura, os 152 respiradores que chegaram na noite de terça (12) e os mais 154 previstos para hoje vão equipar hospitais de campanha do Riocentro, na zona oeste, e Ronaldo Gazolla, em Acari, na zona norte da capital.

Até o momento, as unidades estavam abertas com capacidade reduzida por falta de equipamentos e também por atraso em entregas de compras realizadas no ano passado.

O prefeito confirmou que, no total, foram adquiridos 726 respiradores pelo município. A última leva, com 420 equipamentos, está prevista para ser entregue nos dias 28, 29 e 30 de maio.

Instalação de respiradores

A Prefeitura informou ainda que 200 respiradores serão instalados no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do Hospital Municipal Ronaldo Gazzola.

No Hospital Municipal de Campanha, no Riocentro, serão mais 80 respiradores, completando a montagem do CTI com 100 leitos.

Haverá ainda a entrega de 20 respiradores para o CER do Leblon.

Últimas