Rio de Janeiro Dentista é preso no Rio suspeito de molestar paciente de 16 anos

Dentista é preso no Rio suspeito de molestar paciente de 16 anos

Vítima de importunação sexual diz que ele passou a mão e tentou beijá-la. Segundo a polícia, esta é a quinta passagem do homem por crimes sexuais

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7*, com Record TV Rio

A Polícia Civil prendeu na tarde da última quinta-feira (1º) um dentista suspeito de importunar sexualmente uma paciente de 16 anos, em Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a adolescente, o profissional passou a mão em suas partes íntimas e tentou beijá-la durante o atendimento.

RJ: Após perseguição, PRF prende suspeito de participar de milícia

A vítima saiu do consultório e foi com a mãe à 35ª DP (Campo Grande) para denunciar o dentista. Segundo os agentes da delegacia, este é o quinto crime sexual pelo qual o suspeito é denunciado. Contra o homem de 51 anos existem três passagens por atentado ao pudor e uma por estupro.

Dentista foi conduzido à 35ª DP (Campo Grande)

Dentista foi conduzido à 35ª DP (Campo Grande)

Reprodução/Record TV Rio

O delegado da 35ª DP, Luís Maurício Aramound, explicou que com os relatos e velocidade no depoimento da adolescente foi possível prender o dentista em flagrante.

“Em razão dessas informações foram realizadas diligências no sentido de conduzir esse dentista à delegacia. E lá, diante do autor pormenorizado da adolescente, esse dentista foi preso em flagrante por importunação sexual.”

De acordo com informações da Record TV Rio, após depoimento na 35ª DP, o dentista foi conduzido a um dos presídios do Complexo de Gericinó, na zona oeste da capital.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Paulo Guilherme

Últimas