Rio de Janeiro Desembargador determina aumento do pedágio na linha Amarela

Desembargador determina aumento do pedágio na linha Amarela

Liminar que decide aumento de R$ 7,20 para R$ 7,50 foi assinado na quinta-feira (14); Prefeitura do Rio vai recorrer da decisão judicial

Desembargador determina aumento do pedágio na linha Amarela

Pedido de aumento foi feito pela Lamsa

Pedido de aumento foi feito pela Lamsa

Reprodução/Google

O desembargador Luiz Henrique Oliveira Marques, da 11ª Câmara Cível do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), determinou que a Prefeitura do Rio aumente o pedágio da linha Amarela. A liminar, assinada na quinta-feira (14), estabelece que a tarifa passe de R$ 7,20 para R$ 7,50.

O pedido foi feito pela Lamsa, concessionária responsável pela administração da via. Caso descumpra a decisão, o administrativo municipal deverá pagar uma multa diária de R$ 50 mil.

Em nota, a Prefeitura do Rio de Janeiro afirmou que irá recorrer a decisão.

Suspensão de pedágio

No início deste mês, a Justiça anulou a determinação da Prefeitura do Rio de suspender a cobrança de pedágio na Linha Amarela, no sentido da Barra da Tijuca para a Ilha do Fundão, por 19 meses. 

A decisão foi tomada após uma auditoria das secretarias municipais de Transportes, Infraestrutura e Habitação e da Controladoria Geral do Município revelar que a Lamsa arrecadou, indevidamente, R$ 223,9 milhões. De acordo com o prefeito Marcelo Crivella, a forma mais justa para a devolução desse valor seria a abertura do pedágio.

Antes disso, em dezembro, a decisão pela suspensão da tarifa já havia sido decretada, mas a cobrança também acabou sendo reestabelecida pela Justiça.