Rio de Janeiro "Eles estão esperando as buscas”, diz pai de pescador desaparecido

"Eles estão esperando as buscas”, diz pai de pescador desaparecido

Três homens desapareceram na quarta-feira (13), após saírem para pescar a 60 km da praia da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Record TV Rio

O pai de um dos pescadores desaparecidos, Eraldo Barbosa, acredita que o filho e os outros dois amigos estão à deriva esperando o resgate. Os três homens desapareceram na quarta-feira (13), após saírem para pescar na praia da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

Homens desapareceram após saírem para pescar

Homens desapareceram após saírem para pescar

Reprodução/ Record TV Rio

A embarcação Ressaca I, com capacidade para 8 pessoas, desapareceu a 60 km da orla. De acordo com familiares, apesar de não serem profissionais, Pablo Henrique, Marcelo Silva e Everaldo Martins tinham experiência em mergulho.

“Com certeza absoluta, eles estão só aguardando as buscas chegar até eles. Por isso estamos pedindo que não parem as buscas.”, disse Eraldo, em entrevista à Record TV Rio.

Ainda segundo Eraldo, a esperança em localizar os três homens vivos aumentou após pescadores encontrarem um galão de gasolina vazio à deriva no mar de Ilha Grande. O achado seria do Ressaca I.

Vítimas de acidente com lanchas em Angra dos Reis são cremadas

A Marinha do Brasil e a Capitania dos Portos do Rio de Janeiro procuram pelo trio desde quinta-feira (14). Em nota, afirmou que dois navios-patrulha, uma embarcação de casco semirrígido e uma aeronave da FAB (Força Aérea Brasileira) estão sendo usados nas buscas.

As informações sobre o desaparecimentos dos pescadores podem ser repassadas pelo telefone 185 (número para emergências marítimas e pedidos de auxílio) ou em contato direto pelos números (21) 2104-6119 e (21) 97515-7895.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas