Rio de Janeiro Empresário depõe hoje sobre suposto vazamento de informações 

Empresário depõe hoje sobre suposto vazamento de informações 

Paulo Marinho denunciou que houve vazamento de informações sigilosas ao senador Flávio Bolsonaro antes da eleição do presidente Bolsonaro

O empresário Paulo Marinho, que é pré-candidato a prefeito do Rio pelo PSDB

O empresário Paulo Marinho, que é pré-candidato a prefeito do Rio pelo PSDB

WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDO - 27/06/2019

O empresário Paulo Marinho prestará depoimento nesta quarta-feira (20), às 14h, sobre suposto vazamento de informações sigilosas na Superintendência da Polícia Federal, no Rio de Janeiro.

A investigação foi aberta após Marinho revelar, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, que um delegado da PF do Rio informou a equipe do então deputado estadual Flávio Bolsonaro que a Operação Furna da Onça chegaria ao ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz e sua filha, que até então trabalhava no gabinete de Jair Bolsonaro, em Brasília.

O delegado teria sugerido que ambos fossem demitidos e disse que seguraria a operação para depois do segundo turno das eleições presidenciais. A Furna da Onça foi deflagrada uma semana depois do pleito, em novembro de 2018.

Marinho é suplente do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e pré-candidato a prefeito do Rio de Janeiro pelo PSDB. Ele trabalhou pela eleição do presidente Bolsonaro, depois rompeu com a família.  Atualmente é aliado político  dos governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio, Wilson Witzel.

As denúncias de Marinho fizeram com que a PF reabrisse um inquérito sobre supostos vazamentos da Furna da Onça. O Ministério Público Federal também anunciou que vai investigar o caso.

Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro, em entrevista à Record TV, questionou a legitimidade da denúncia de Marinho. "Se esse empresário fez uma afirmação, ele não deveria fazê-la em uma entrevista jornalística. Se ele entende que houve um ilícito, por que ele não foi à época dos fatos e comunicou às autoridades?"

Últimas