Rio de Janeiro Empresário é preso por torturar mulher e divulgar vídeo na internet

Empresário é preso por torturar mulher e divulgar vídeo na internet

O crime teria acontecido em um motel da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. Imagens foram feitas com o celular da vítima

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Adriana Oliveira, da Record TV Rio

Um empresário de 42 anos foi preso por ameaçar e torturar a companheira em um quarto do motel na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Após cometer o crime, o homem divulgou o vídeo das agressões nas redes sociais.

Imagens foram gravadas com o celular da vítima

Imagens foram gravadas com o celular da vítima

Reprodução/Record TV Rio

Nas imagens que foram gravadas com o celular da vítima, o suspeito a acusa de ser garota de programa e diz se sentir enganado. Ele fica com as mãos no pescoço da esposa durante toda a gravação.

O homem pulou a janela e fugiu do local após os funcionários aparecerem por terem escutado gritos de socorro. Na fuga, ele levou o celular da vítima.

Polícia Federal realiza operação contra fraude nos Correios do Rio

O caso foi registrado na 16ª DP (Barra da Tijuca) e teria ocorrido há cerca de duas semanas. A esposa pediu uma medida protetiva contra o agressor que foi descumprida e ocasionou a prisão do marido em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Segundo apuração da Record TV Rio, há três inquéritos em aberto contra o suspeito por tentativa de feminicídio, pornografia da vingança, crimes cibernéticos e injúria. A polícia também pode abrir uma investigação por cárcere privado, já que a mulher ficou no quarto por horas contra a sua vontade.

Ainda de acordo com os agentes, o agressor tem histórico de violência doméstica que foi confirmado por ele em depoimento.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas