Escolas privadas retomam atividades no dia 3 de agosto no Rio

Segundo o prefeito Marcelo Crivella, representantes do ensino privado manifestaram a intenção de voltar a oferecer aulas presenciais

Retorno do ensino público ainda será debatido

Retorno do ensino público ainda será debatido

Reprodução Site/SME

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, confirmou nesta segunda-feira (20) que representantes de escolas privadas manifestaram a intenção de retomar as aulas presenciais a partir do dia 3 de agosto.

"Hoje de manhã tive um encontro com representantes das escolas privadas que querem voltar, de maneira voluntária, no dia 3 de agosto. Voltar de maneira voluntária, seguindo todas as regras da Vigilância Sanitária", disse o prefeito.

Segundo Crivella, a volta às aulas presenciais no ensino público ainda será debatida nesta semana.

No último dia 7, o comitê cientifico municipal já havia autorizado a retomada das atividades no dia 2 de agosto, caso os índices de contaminação pelo coronavírus e a taxa de ocupação de leitos com pacientes em tratamento contra a covid-19 se mantivessem estáveis no Rio.

De acordo com a prefeitura, a intenção é de reabrir as escolas municipais pelo trabalho nos refeitórios para a alimentação das crianças.