Rio de Janeiro Ex-companheiro é o principal suspeito de esfaquear jovem no RJ

Ex-companheiro é o principal suspeito de esfaquear jovem no RJ

Tayane Mendes Cruz, de 25 anos, teve punho fraturado e foi atingida por golpes de faca nas regiões do tórax, abdômen e perna. Suspeito está foragido

Tayane foi esfaqueada a caminho do salão de beleza

Tayane foi esfaqueada a caminho do salão de beleza

Reprodução RecordTV

O ex-companheiro de Tayane Mendes Cruz, de 25 anos, é o principal suspeito de esfaquear a jovem no bairro da Glória, em Queimados, na Baixada Fluminense, na tarde do último sábado (3).

Policiais Civis da 55ª DP (Queimados), onde o caso foi registrado, procuram o suposto autor do crime, que é considerado foragido.

Tayane teve o punho fraturado e foi atingida por golpes de faca nas regiões do tórax, abdômen e perna quando estava a caminho do salão de beleza.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, onde passou por uma cirurgia de emergência e segue internada em estado estável no CTI (Centro de Intensiva).

Leia também: Maioria das mulheres agredidas no RJ sofreu violência dentro de casa

Feminicídios no RJ

Segundo dados do ISP (Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro), em 2017, 68 mulheres foram vítimas de feminicídio — o assassinato de uma mulher pela condição de ser mulher — no Estado. A cada dez registros, ao menos cinco ocorreram dentro de casa (52,9%), e mais da metade foi cometida por companheiros atuais (51,5%) ou passados (5,9%).

Os casos mais recentes foram de Cristiane Ferreira da Silva, de 27 anos, morta com um tiro de fuzil na frente dos filhos, na comunidade do Jacarezinho, zona norte do Rio, Vanessa de Morais Rocha, de 28 anos, espancada até a morte pelo companheiro em São Gonçalo, na região metropolitana do estado, e Thatiane Jader Leocádio de Abreu, de 39 anos, esfaqueada na frente da filha de oito anos na comunidade do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, na zona sul da capital. 

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas