Rio de Janeiro Ex-marido é suspeito de matar mulher a tiros no RJ

Ex-marido é suspeito de matar mulher a tiros no RJ

Segundo a família, Luciana ficou trancada em casa por oito horas sem socorro, pois o homem teria fechado a casa e desligado os celulares

  • Rio de Janeiro | Karolaine Silva, do R7*

A DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense) investiga o caso.

A DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense) investiga o caso.

JOSE LUCENA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO/ 28.02.2019

Uma mulher de 38 anos morreu após ter sido baleada, em Queimados, Baixada Fluminense do Rio de Janeiro, na última sexta-feira (12). Segundo a família da vítima, o ex-marido dela é suspeito do crime. 

Leia mais: Família aponta negligência em festa onde jovem morreu eletrocutada

Os parentes contaram que Luciana Santos, funcionária da concessionária que administra os trens, ficou trancada em casa por oito horas sem socorro, pois o suspeito, que já integrou a Força Nacional, teria fechado o local e desligado os celulares para que ninguém tivesse acesso.  

Luciana chegou a ser socorrida no Hospital da Posse, onde passou por cirurgia, mas não resistiu. 

Os familiares só descobriram o crime após a empresa em que a vítima trabalhava ter ligado para o celular da mãe perguntando sobre o paradeiro dela.

A família disse também que o principal suspeito do crime tinha um histórico de agressões contra a vítima. 

A DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense) investiga o caso.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira 

Últimas