Rio de Janeiro Filha de bicheiro foi seguida antes de ser baleada, diz delegada

Filha de bicheiro foi seguida antes de ser baleada, diz delegada

Adriana Belém, titular da 16ª DP, descartou hipótese de tentativa de assalto após ver imagens de câmera de segurança do local do crime

Shanna apresenta estado de saúde estável

Shanna apresenta estado de saúde estável

Reprodução Facebook

A filha do bicheiro Maninho, Shanna Harouche Garcia Lopes,  baleada no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio, nesta terça-feira (8), estava sendo seguida por criminosos antes de ser atingida, segundo a delegada Adriana Belém, titular da 16ªDP (Barra da Tijuca).

Veja também: Suspeito de assassinar estudante de direito é preso na Baixada (RJ)

Imagens de câmera de segurança do local mostraram que, após a vítima chegar ao estacionamento de um shopping, um veículo suspeito entrou logo atrás.

Ao sair do carro blindado, Shanna foi ferida por ao menos três disparos, dois atingiram o braço e outro o abdômen.

Até o momento, a polícia sabe que a  filha do bicheiro estava no local porque  tinha hora marcada em um salão de beleza.

Em entrevista à Record TV, a delegada descartou a possibilidade da ação ter sido uma tentativa de assalto.

Belém esteve no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, onde a vítima está internada. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o estado de Shanna é estável.

Assista à entrevista da delegada Adriana Belém:

*Sob supervisão de Bruna Oliveira