Rio de Janeiro Flordelis: Testemunha diz que mais 3 pessoas participaram de crime

Flordelis: Testemunha diz que mais 3 pessoas participaram de crime

De acordo com o advogado de acusação Ângelo Máximo, a pessoa que passou as informações para testemunha também vai ser ouvida

Durante a audiência realizada na última sexta-feira (27), uma das testemunhas, Regiane Ramos, disse que outras três pessoas teriam participado da morte do pastor Anderson do Carmo. Entre elas, a filha biológica da parlamentar, Simone.

De acordo com o advogado de acusação Ângelo Máximo, a pessoa que passou as informações para Regiane também vai ser ouvida.

"A revelação mais importante que achei hoje foi a de que a Simone deu os tiros na parte genital do pastor. A Cristiane, que é esposa de Carlos, um dos filhos adotivos, não confirmou, mas a pessoa que passou a informação vai ser ouvida", disse.

Deputada federal Flordelis
 é acusada de mandar matar o pastor Anderson do Carmo

Deputada federal Flordelis é acusada de mandar matar o pastor Anderson do Carmo

Luis Macedo/Câmara dos Deputados - 27.11.2019

Ainda segundo o depoimento da ex-patroa do filho da deputada, Lucas dos Santos, outro filho e a neta teriam segurado o pastor para que ele não conseguisse escapar dos disparos.

Regiane também informou que uma das filhas da deputada feriu o braço com uma navalha, há cerca de duas semanas, após Flordelis falar que "ela é um lixo".

Veja também: Flordelis chora ao ver filhos em audiência e diz ser inocente

Nas redes sociais, a deputada federal respondeu as acusações da ex-patroa de Lucas e disse que "uma irmã de igreja falou algo para ela e aquilo ficou fazendo muito mal e por isso ela acabou se cortando no braço".

Flordelis acrescentou que por causa da audiência, a filha passou mal e disse estar "indignada por falsas acusações, mentiras. Tudo por causa de uma mentira dita pela dona Regiane".

No trecho final do vídeo, Flordelis afirmou ser deputada e pediu ajuda ao parlamento.

*Sob supervisão de PH Rosa

Últimas