Rio de Janeiro Jovem morre com suspeita de envenenamento após festa no Rio

Jovem morre com suspeita de envenenamento após festa no Rio

Marllon Fortunato se sentiu mal depois de ingerir bebidas desconhecidas. Frequentadores do evento dizem que outros também passaram mal

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7*

Marllon Fortunato, de 23 anos, era formado em pedagogia

Marllon Fortunato, de 23 anos, era formado em pedagogia

Reprodução/Redes Sociais

Um pedagogo morreu na última segunda-feira (9) sob suspeita de envenenamento, em Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro. Marllon Fortunato, de 23 anos, passou mal após sair de uma festa em que teria ingerido bebidas de desconhecidos.

RJ: Assalto a shopping termina com vigilante ferido em Duque de Caxias

O jovem teria sentido sintomas do envenenamento depois do evento e procurado um hospital da região. Nas redes sociais, pessoas afirmam que outros frequentadores da festa também se sentiram mal após a última edição, que ocorreu no sábado (7).

Marllon e outras pessoas podem ter consumido bebidas envenenadas em decorrência da premissa da festa. Segundo frequentadores, para entrar no evento é necessário pagar pelo ingresso e levar uma garrafa de bebida alcoólica.

Dentro da festa, todos consumiriam as bebidas trazidas por quem estava no local. Os frequentadores afirmam que não há fiscalização por parte da organização sob o conteúdo das garrafas deixadas na entrada do evento, que teve 1.900 pessoas confirmadas nas redes sociais.

Polícia prende suspeito de ser “espancador da zona sul” no RJ

Em nota, a organização da festa, Cloud Aura, lamentou o caso e disse que nos próximos dias dará esclarecimentos mais completos sobre o assunto.

O Portal R7 entrou em contato com a Polícia Civil sobre o caso, mas não recebeu retorno até a publicação da matéria.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas