Rio de Janeiro Jovem que teria sido envenenada por madrasta mandou áudio pedindo socorro para namorado

Jovem que teria sido envenenada por madrasta mandou áudio pedindo socorro para namorado

Namorado diz que madrasta tinha ciúmes de Fernanda com o pai. Polícia deve pedir exumação do corpo da vítima para apurar morte

  • Rio de Janeiro | Rafaela Oliveira*, do R7, com Felipe Batista, da Record TV Rio

Fernanda disse ao namorado que estava se sentindo mal após jantar da madrasta

Fernanda disse ao namorado que estava se sentindo mal após jantar da madrasta

Reprodução/Record TV Rio

A jovem Fernanda Carvalho, de 22 anos, enviou um áudio ao namorado após jantar a comida feita pela madrasta, Cíntia Mariano, na casa do pai, em Realengo, na zona oeste do Rio. Como um pedido de socorro, a vítima disse estar "passando muito mal" e com tontura. 

"Cara, tô passando mal. Não sei o que tá acontecendo. Eu tô muito tonta", disse Fernanda ao namorado, Pedro Henrique Lopes, com quem mantinha um relacionamento de quase um ano.

Em entrevista à Record TV Rio, Pedro contou o que pode ter motivado o possível envenenamento da companheira. "O pai dela amava muito a Fernanda, acho que ela [Cíntia] tinha inveja disso", comentou. 

A polícia informou que pode pedir a exumação do corpo de Fernanda, para entender a verdadeira causa da morte, mas aguardará depoimentos das equipes médicas. Ela ficou 13 dias internada no Hospital Municipal Albert Schweitzer, mas sofreu uma parada cardíaca em 27 de março e não resistiu.

Depois de prestar homenagens à enteada nas redes sociais, a madrasta Cíntia Mariano está presa e é investigada pela morte de Fernanda. Tudo porque, no último dia 15 de maio, o irmão da vítima passou mal e teve os mesmos sintomas.

A suspeita é que os irmãos tenham se alimentado de comida com o veneno de rato conhecido como chumbinho. Bruno Carvalho, de 16 anos, conseguiu sobreviver à ingestão de grande quantidade de chumbo, o que foi comprovado pela equipe médica da mesma unidade de saúde onde a irmã, meses antes, faleceu. 

Madrasta teria confessado aos filhos que envenenou enteados, segundo delegado

Se comprovados os crimes, Cíntia vai responder por homicídio e tentativa de homicídio qualificado. Além disso, a polícia investiga o envolvimento dela em outras duas mortes: a de um vizinho e a do ex-marido

A defesa da suspeita alega que vai comprovar inocência.

* Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas