Rio de Janeiro Libertadores: 500 PMs vão patrulhar entorno do Maracanã

Libertadores: 500 PMs vão patrulhar entorno do Maracanã

Esquema de segurança terá apoio do Corpo de Bombeiros para evitar aglomeração e garantir cumprimento de regras contra covid

O esquema de segurança no entorno do Maracanã, na zona norte do Rio, para a final da Libertadores neste sábado (30) contará com 500 policiais militares. Outros 50 vão atuar dentro do estádio no jogo entre Santos e Palmeiras.

Mais 50 PMs vão atuar dentro do estádio

Mais 50 PMs vão atuar dentro do estádio

Reprodução/Instagram @libertadores

A força-tarefa terá o apoio do Corpo de Bombeiros para controlar aglomerações e garantir o cumprimento das medidas de proteção e prevenção à pandemia do novo coronavírus.

Apesar da proibição de torcida nos estádios, o governo estadual autorizou a realização do evento com a presença de público não pagante. O decreto permitiu a presença de até 10% da capacidade do Maracanã. 

Apenas pessoas credenciadas e com apresentação de resultado de exame tipo RT-PCR negativo para covid-19 poderão acompanhar a partida. O uso de máscara de proteção é obrigatório.

Também no sábado haverá esquema especial de trânsito nas ruas de acesso ao estádio, a partir das 14h, com nove pontos de bloqueios. 

Últimas