Rio de Janeiro Navio com infectados por Covid-19 chega ao Rio de Janeiro

Navio com infectados por Covid-19 chega ao Rio de Janeiro

MSC Preziosa teve 25 casos da doença entre tripulantes e 8 entre passageiros. MSC Seaside deve chegar amanhã a Santos (SP)

  • Rio de Janeiro | Rafaela Oliveira, do R7*, com Record TV Rio

Passageiros do MSC Preziosa desembarcam no Rio

Passageiros do MSC Preziosa desembarcam no Rio

Reprodução/Record TV Rio

Um dos cinco navios que registraram surto de Covid-19, o MSC Preziosa está no Rio de Janeiro nesta quarta-feira (5) para concluir a viagem em meio à suspensão da temporada de cruzeiros no país.

Com 25 casos da doença entre os tripulantes e oito entre os passageiros, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou que a embarcação está no nível 3 do cenário epidemiológico, em uma escala de quatro níveis. 

O último embarque foi autorizado no domingo (2), em Cabo Frio, na região dos Lagos. Ao todo, o navio poderia transportar até 3.016 passageiros.

Além do Preziosa, o MSC Seaside encerra viagem nesta quinta-feira (6), em Santos – onde o MSC Splendida já se encontra desde o dia 31 de dezembro.

O Brasil tem, atualmente, cinco navios de cruzeiro na costa para a temporada 2021/2022, que seguem sob supervisão sanitária da Anvisa.

Situação das outras embarcações

O MSC Splendida, com capacidade para 3.051 passageiros, teve 78 casos positivos (62 tripulantes e 16 passageiros) – nível 4 do cenário epidemiológico. No MSC Seaside, foram 65 tripulantes com a Covid-19 e 25 passageiros. Esta segunda embarcação tem capacidade para 3.622 passageiros, com a classificação no nível 3 do cenário epidemiológico.

O navio da Costa Diadema está no Porto de Santos, em São Paulo, após o desembarque completo dos passageiros. Entre os tripulantes, havia 30 pessoas infectadas. A embarcação tem capacidade para 2.368 passageiros, com o cenário epidemiológico alterado para o nível 4 no dia 31 de dezembro, o que implica quarentena para a embarcação.

Ainda em navegação, o Costa Fascinosa, com capacidade para 1.083 passageiros, não realizará novos embarques. Foram reportados dois casos de Covid-19 entre os tripulantes e cinco entre os passageiros. 

O aumento exponencial do número de casos de Covid-19 a bordo de navios de cruzeiro motivou a recomendação da Anvisa de suspensão da temporada. 

Protocolos da Anvisa

De acordo com a Anvisa, todos os passageiros com 12 anos ou mais devem apresentar comprovante de vacinação completa para embarcar, além de preencher um questionário de saúde das seis horas antes.

Toda a tripulação deve estar vacinada e ser testada semanalmente. Os hóspedes com 2 anos ou mais devem apresentar o PCR negativo dentro de 72 horas do embarque no navio ou um teste de antígeno feito nas 24 horas anteriores.

Os testes devem ser realizados diariamente em 10% dos hóspedes e tripulantes durante a viagem do cruzeiro. Aqueles que testarem positivo ou que tiveram contato com os pacientes são orientados a fazer quarentena, com assinatura de termo de compromisso de continuidade do isolamento e com observância de possíveis sintomas. 

* Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas