Rio de Janeiro Niterói anuncia que vacinas contra covid-19 acabaram no município

Niterói anuncia que vacinas contra covid-19 acabaram no município

Em publicação em rede social, prefeitura informou que aguarda nova remessa de imunizantes do Ministério da Saúde

  • Rio de Janeiro | Mariene Lino, do R7*

A Secretaria Municipal de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, informou que as doses de vacina contra a covid-19 acabaram nesta segunda-feira (8) nos quatro postos de vacinação montados na cidade.

Vacinação nos postos de Niterói está suspensa

Vacinação nos postos de Niterói está suspensa

Tânia Rego/ Agência Brasil/ 05.02.2021

Em uma publicação nas redes sociais, a prefeitura afirmou que, para seguir com o processo de imunização, aguarda o envio de uma nova remessa de vacinas pelo Ministério da Saúde, responsável por distribuir o imunizante aos Estados.

O município de Niterói iniciou nesta segunda-feira a vacinação de idosos acima de 88 anos. A prefeitura informou que a imunização deste grupo continua enquanto houver doses disponíveis.

O processo de vacinação em Niterói começou no dia 19 de janeiro, primeiramente com profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate à covid-19 e idosos que vivem em instituições de longa permanência.

De acordo com a prefeitura, a cidade recebeu cerca de 20 mil doses das vacinas Coronavac e Oxford/Astrazeneca e já vacinou mais de 18 mil profissionais da saúde e idosos. Com isso, mais de 90% das doses já foram administradas.

Mais cedo, a Prefeitura de São Gonçalo, também na região metropolitana, informou que interrompeu a vacinação de idosos por não haver doses suficientes. Por enquanto, apenas os profissionais de saúde da rede municipal serão imunizados.

Em nota, a Prefeitura de Niterói informou que solicitou mais doses ao Governo do Estado, mas ainda não há confirmação de nova remessa. Por isso, a vacinação nos postos de saúde está suspensa temporariamente.

A prefeitura declarou ainda que há 11.620 doses em estoque destinadas à segunda fase de vacinação dos trabalhadores da saúde. A imunização dos profissionais começa nesta semana nos hospitais onde eles trabalham.

Já o Ministério da Saúde informou que "distribui as vacinas aos Estados e que cabe aos gestores locais o planejamento e execução de envio aos municípios".

*Estagiária do R7, sob supervisão de Paulo Guilherme

Últimas