Rio de Janeiro Operação contra milícia prende 43 suspeitos na zona oeste do Rio

Operação contra milícia prende 43 suspeitos na zona oeste do Rio

Ação tinha como objetivo coibir as atividades praticadas por um grupo de milicianos que atua na região de Rio das Pedras e nas ilhas da Gigoia

  • Rio de Janeiro | Juliana Valente, do R7*

Uma operação da CPAM (Comando de Polícia Ambiental) da Polícia Militar prendeu 43 suspeitos nesta quarta-feira (31). A ação tinha como objetivo coibir as atividades econômicas criminosas praticadas por um grupo de milicianos que atua na região de Rio das Pedras e nas ilhas da Gigoia e Primeira, na zona oeste do Rio de Janeiro. 

Milícias: a silenciosa expansão que domina o Rio

De acordo com a PM, na operação, os agentes flagraram diversos crimes como a extração ilegal de recuros minerais, parcelamento ilegal do solo e dezenas de construções clandestinas. Além disso, os PMs também apreenderam máquinas caça-níqueis, aparelhos de apostas do chamado "jogo do bicho", dezenas de galões de água e 12 animais silvestres, que vinham sendo mantidos em cativeiro.

Ainda segundo a corporação, os policiais ainda localizaram e interditaram um depósito clandestino de venda de gás, onde apreenderam mais de 300 botijões.

Caso Marielle joga luz sobre milícia em alta no Rio de Janeiro

Os presos foram conduzidos para a 16ª DP (Barra da Tijuca) e 32ª DP (Taquara).

Assista também: operação apreende quatro toneladas de mercadorias falsas em Petrópolis

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas