Operação da Polícia Civil tem cinco milicianos mortos na Baixada (RJ)

Segundo informações da instituição, suspeitos ligados à quadrilha de Ecko participavam de uma reunião no Km 32. Ação terminou com troca de tiros

A Polícia Civil realizou na noite da última quarta-feira (14) uma operação que terminou com cinco suspeitos de envolvimento com um grupo miliciano mortos, no Km 32, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Segundo informações, os suspeitos teriam ligação com a quadrilha de Ecko, suposto chefe de um grupo paramilitar que atua na zona oeste do Rio e região.

Polícia realiza operação contra lavagem de dinheiro do tráfico do RJ

Km 32 é dominado por milícias de Nova Iguaçu

Km 32 é dominado por milícias de Nova Iguaçu

Reprodução/Google Maps

De acordo com a Polícia Civil, a operação foi realizada a partir de informações da inteligência da instituição que apontavam para uma reunião de milicianos que dominam bairros e cidades da região.

Ao chegar ao Km 32, os agentes da Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) foram recebidos a tiros. Segundo a Polícia Civil, foram apreendidas cinco pistolas, um fuzil falso, fardamento militar, colete à prova de bala, entre outros itens. 

Em nota, a instituição informou que uma força tarefa foi criada para garantir a segurança e liberdade das eleições de 2020 na Baixada Fluminense. O planejamento conta com o reforço de contingente das delegacias da região.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa