Rio de Janeiro Pazuello exonera diretor do Hospital Federal de Bonsucesso

Pazuello exonera diretor do Hospital Federal de Bonsucesso

Edson Joaquim de Santana deixa o comando da unidade de saúde atingida por um incêndio em outubro, que deixou 16 mortos

Agência Estado
Incêndio no Hospital de Bonsucesso, no Rio de Janeiro

Incêndio no Hospital de Bonsucesso, no Rio de Janeiro

Reprodução/Record TV Rio

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, exonerou nesta quarta-feira (27) o diretor do Hospital Federal de Bonsucesso, Edson Joaquim de Santana, que estava no cargo há cerca de três meses. Ele foi nomeado para a direção do hospital em setembro de 2020. A exoneração está publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

O Hospital Federal de Bonsucesso foi atingido por um incêndio em 27 de outubro de 2020, que deixou um total de 16 mortos. À época, o jornal "O Estado de S. Paulo" mostrou que um relatório produzido em abril de 2019 por uma equipe de engenheiros constatou problemas na estrutura de combate a incêndios do hospital. Um ano e meio depois, nada havia sido feito.

Últimas