Rio de Janeiro Polícia apreende menor por suspeita de envolvimento na morte de idosa em Copacabana

Polícia apreende menor por suspeita de envolvimento na morte de idosa em Copacabana

Adolescente teria empurrado a vítima ao roubar cordão. Alair Barbosa, de 72 anos, caiu, bateu a cabeça e não resistiu

Delegacia de Homicídios apura se houve a participação de outras pessoas  no crime

Delegacia de Homicídios apura se houve a participação de outras pessoas no crime

Reprodução / Google Street View

O adolescente suspeito de envolvimento na morte de uma idosa durante um roubo em Copacabana, na zona sul do Rio, foi apreendido pela polícia nesta quarta-feira (19).

Alair Barbosa, de 72 anos, caiu e bateu a cabeça após ter o cordão puxado enquanto caminhava no calçadão da praia, no último domingo (16). Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

No mesmo dia, o menor foi imobilizado por populares e levado para a 12ª DP (Copacabana), mas foi liberado por falta de provas.

No entanto, após analisar o caso, a Divisão de Homicídios pediu a apreensão do adolescente, que foi autorizada pela Justiça. O suspeito foi encontrado na Pavuna, na zona norte, e deve responder por fato análogo ao crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

De acordo com informações obtidas pela Record TV, o menor tem seis anotações criminais e já havia sido apreendido no caso de assalto e agressão a duas turistas da Eslováquia, em 2022, também em Copacabana.

A polícia informou, ainda, que a investigação sobre a morte da idosa prossegue para apurar a participação de outras pessoas no crime.

Últimas