Rio de Janeiro Polícia conclui que advogado desaparecido foi morto por cliente

Polícia conclui que advogado desaparecido foi morto por cliente

Segundo investigações, o autor do crime é o chefe do tráfico de drogas de comunidade em Cabo Frio, na Região dos Lagos, que era cliente da vítima

Vítima está desaparecida desde janeiro deste ano

Vítima está desaparecida desde janeiro deste ano

Reprodução/Record TV Rio

A Delegacia de Descoberta de Paradeiros concluiu que o advogado criminalista desaparecido em janeiro está morto. O autor do crime seria um cliente da vítima.

Segundo as investigações, Edson José Drumond Santana prestava serviços para o chefe do tráfico de drogas da favela do Lixo, em Cabo Frio, na Região dos Lagos, conhecido como Vitinho.  A motivação para o assassinato seria um desentendimento entre os dois, por conta de honorários advocatícios.

Polícia prende suspeito de matar sogro na zona norte do Rio

Ainda de acordo com a polícia, o traficante teria atraído a vítima para a comunidade da Nova Holanda, no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, onde eles costumavam se encontrar, e executou o advogado. O corpo não foi encontrado, mas há suspeitas de que tenha sido jogado na Baía de Guanabara.

O autor do homicídio teve a prisão preventiva decretada. Ele também é apontado como um dos responsáveis pela morte de um policial militar do Bope (Batalhão de Operações Especiais) em fevereiro deste ano.

Veja a reportagem:

*Estagiária do R7, sob supervisão de Raphael Hakime 

Últimas