Polícia Federal captura pescador nu que invadiu embarcação no Rio

De acordo com a Marinha do Brasil, rapaz contido pela PF estava “alterado” e ameaçou tripulantes da balsa. Não houve feridos durante as negociações

Reprodução/Record TV Rio

A Polícia Federal capturou na tarde desta sexta-feira (3) um pescador suspeito de invadir uma embarcação, na praia da Ribeira, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro. Segundo a Marinha do Brasil, o homem ameaçou os membros da tripulação, mas ninguém se feriu.

Rio: restrição de operações policiais em comunidades dura mais um mês

Equipes da CPRJ (Capitania dos Portos do Rio de Janeiro) e do Corpo de Bombeiros iniciaram as tentativas de negociação com o homem, que estava nu e em aparente surto. A Marinha também deslocou uma lancha e uma embarcação  aviso-patrulha para o local para ajudar na operação.

Após alguns minutos de negociação, agentes da PF detiveram o pescador, que foi retirado da embarcação em uma lancha do Corpo de Bombeiros. Em seguida, o rapaz foi levado por uma ambulância para o Hospital Municipal Evandro Freire, também na Ilha do Governador.

De acordo com moradores da região da praia da Ribeira, o pescador é pacífico e querido por todos. Eles afirmam que o homem apresenta um quadro de privação do sono e que já teve surtos em outros anos.

Após liberação, bares e restaurantes lotam na zona sul do Rio de Janeiro

Em nota, a Marinha do Brasil informou que o pescador foi detido sem uso de força letal e que o suspeito não fez nenhum tripulante como refém. Ainda por meio da assessoria de imprensa, o 1º Comando do Distrito Naval destacou que em nenhum momento a embarcação ficou à deriva.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Celso Fonseca