Rio de Janeiro Polícia prende suspeito de atirar em cinco banhistas em Arraial (RJ)

Polícia prende suspeito de atirar em cinco banhistas em Arraial (RJ)

Conhecido como Fábio da Prainha, suspeito havia sido identificado dias após o crime. Investigações apontam que ataque foi motivado por rixa entre facções

Carro usado por Pará foi encontrado perto da praia

Carro usado por Pará foi encontrado perto da praia

Reprodução/Record TV Rio

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (14) um suspeito de matar um homem e ferir cinco banhistas, na Prainha, em Arraial do Cabo, Região dos Lagos, em 26 de setembro. Identificado horas após o crime, Fabinho da Prainha teria realizado o ataque motivado por uma rixa entre facções com a vítima fatal, Walmirzinho.

As investigações da Polícia Civil indicam que traficantes de Arraial do Cabo trocaram áudios por aplicativos de mensagens para informar que Walmirzinho havia retornado à cidade e estava na praia. A vítima estava com um outro suspeito, conhecido como Pará, que teria reagido ao ataque de Fabinho da Prainha.

De acordo com informações da 132ª DP (Arraial do Cabo), agentes da unidade se infiltraram na rotinha de Fabinho para conseguir monitorar o suspeito, que teve prisão temporária expedida pela Justiça na última terça-feira (13).

Em nota, a Polícia Civil informou que Fabinho tem passagens por tráfico de drogas, associação para o tráfico, lesão corporal e ameaça. A instituição ainda destacou que tenta cumprir outros dois mandados de prisão temporária contra Pará e um terceiro suspeito de ajudar Fabinho.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas