Rio de Janeiro Polícia prende suspeito de participar da morte de vigilante que teve corpo jogado ao mar no Rio

Polícia prende suspeito de participar da morte de vigilante que teve corpo jogado ao mar no Rio

Vítima teria sido confundida com um integrante da milícia e assassinada durante um luau, na praia do Pontal, no último dia 6

  • Rio de Janeiro | Do R7, com Record TV Rio

Leandro Leite foi assassinado

Leandro Leite foi assassinado

Reprodução

Foi preso, nesta segunda-feira (24), o homem apontado como chefe do tráfico de drogas da região do posto 12 no Recreio, zona oeste do Rio. Ele é suspeito de participação na morte do vigilante Leandro Leite, que teve o corpo amarrado a uma prancha e jogado ao mar. 

• Compartilhe esta notícia no Whatsapp
• Compartilhe esta notícia no Telegram

A Polícia Militar chegou até o suspeito, de 23 anos, por meio de uma denúncia anônima. Na ação, os agentes apreenderam uma arma, munição, carregadores e drogas. Todo o material foi levado para 42ª DP (Recreio).

A vítima teria sido confundida com um integrante da milícia e assassinada durante um luau, na praia do Pontal, no último dia 6. O corpo foi encontrado na sexta (21) e sepultado dias depois.

Últimas