Polícia realiza ação contra suspeitos de extorquir comerciantes no Rio

De acordo com as investigações da DRCPIM, funcionários públicos municipais, milicianos e traficantes costumavam lesar ambulantes da região de Madureira

Materiais fora apreendidos durante ação da Civil

Materiais fora apreendidos durante ação da Civil

Reprodução/Record TV Rio

A Polícia Civil realiza na manhã desta terça-feira (6) uma operação contra suspeitos de extorquir comerciantes que atuam na região de Madureira, na zona norte do Rio de Janeiro. As investigações apontam que o esquema contava com a presença de funcionários públicos municipais, milicianos e traficantes.

País pode bater recorde histórico de calor esta semana

Segundo a DRCPIM (Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial), ambulantes de Madureira teriam que pagar até R$ 15 mil por semana para o grupo poder abrir barracas, lojas e até restaurantes.

Batizada de Brutus, a operação conta com mais de 150 policiais envolvidos e tenta cumprir 46 mandados de busca e apreensão em endereços na zona norte da capital fluminense.

Segundo informações da Record TV Rio, os agentes envolvidos na ação já apreenderam grande quantidade de materiais falsificados em endereços de Madureira e Oswaldo Cruz. O material ainda será contabilizado pelos policiais da DRCPIM.

Polícia prende em flagrante homem que vendia 'linha chilena' no RJ

Com esta operação, a Polícia Civil tenta reunir provas materiais que possam facilitar o processo de investigação e indicar possíveis autores das extorsões, assim como os proprietários dos artigos falsificados.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa