Rio de Janeiro Procon apura qualidade da água fornecida pela Cedae 

Procon apura qualidade da água fornecida pela Cedae 

Companhia deve responder qual é o motivo dessas alterações e se há risco para os consumidores. Moradores reclamam de enjoo após consumo 

Moradores reclamam de mau cheiro e gosto alterado na água

Moradores reclamam de mau cheiro e gosto alterado na água

Reprodução/Record TV Rio

A autarquia do Procon Estadual do Rio de Janeiro instaurou uma investigação contra a Cedae (Companhia Estadual de Água e Esgoto) para apurar possíveis problemas na qualidade da água fornecida pela empresa.

Leia mais: Motorista de aplicativo esquece passageiro e viraliza nas redes sociais

Em nota, o órgão informou que a abertura do processo foi determinada pelo governador Wilson Witzel, após o número crescente de denúncias, reportagens e reclamações que a água está turva e com mau cheiro.

Na ação de Investigação Preliminar, a Cedae deverá responder, em 10 dias, qual é o motivo dessas alterações, se há risco para os consumidores e quais medidas está tomando para sanar e evitar novos problemas como esse.

Na terça-feira (7), a empresa informou que após análises, técnicos da detectaram a presença da substância Geosmina em amostras de água.

Segundo a companhia, o material é produzido por algas e altera gosto e cheiro da água, mas não representa nenhum risco à saúde dos consumidores.

No entanto, alguns moradores da zona oeste e da Baixada Fluminense afirmaram sentir ardência nos olhos e enjoo após lavar o rosto e consumir a água.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Ana Vinhas